Pernambucano

Por vaga na final do PE e com casa cheia, Náutico recebe o Salgueiro

Timbu e Carcará chegam em grande fase para semifinal única do Estadual

Diego Toscano
Diego Toscano
Publicado em 25/03/2018 às 8:03
Guga Matos/JC Imagem
Timbu e Carcará chegam em grande fase para semifinal única do Estadual - FOTO: Guga Matos/JC Imagem
Leitura:

Com nova promessa de recorde público em Pernambuco, o Náutico recebe hoje o Salgueiro, a partir das 16 horas, por vaga na final do Estadual. As duas equipes chegam embaladas: o Timbu não perde há sete jogos, está na quarta fase da Copa do Brasil e continua vivo na Copa do Nordeste. Já o Carcará, desde a chegada do técnico Sérgio China, só tem uma derrota em sete partidas. Até o fechamento desta edição, mais de 14 mil ingressos vendidos, o que já é o terceiro maior público do Estado em 2018.

As equipes só se encontraram uma vez na temporada. Na Arena de Pernambuco, 4x0 para o Náutico com show dos garotos da base alvirrubra. O jogo, porém, não servirá de parâmetro para o Timbu.

“O Salgueiro teve uma mudança da água para o vinho. Passou por uma reformulação tremenda. Muitos jogadores que tinham uma identificação e que sabiam a forma de jogar do clube saíram. No primeiro jogo, vinham em um trabalho de reestruturação e a equipe também tinha maratona de jogos, atenta também na Copa do Nordeste. Ainda não havia chegado Sérgio China, que inegavelmente deu uma organizada e o time cresceu. O jogo no primeiro turno não serve para nada. Nenhuma análise nossa passou por aquele jogo”, explicou Roberto Fernandes.

Se no início do Pernambucano o Náutico era considerado a terceira força, agora, sem Sport e Santa Cruz, o Timbu assume a condição de favorito pelo título, que pode chegar após jejum de 14 anos. Para o treinador alvirrubro, porém, o favoritismo está dividido nessa reta final de Campeonato Pernambucano.

“A questão de favoritismo é muito relativa. Conheço bastante jogadores do Salgueiro, o trabalho do China e o Central não chegou de graça. Por sinal, a única derrota que o Náutico tem na competição foi para o Central. E não foi qualquer jogo, mas um chocolate grande que tomamos em Caruaru. Vamos manter os pés no chão. Não me considero favorito a nada. Vamos lutar muito para passar pelo Salgueiro e depois pensar em fazer os dois melhores jogos na temporada para sair dessa condição (sem títulos) de alguns anos”, finalizou.

Para a partida, praticamente força máxima à disposição. O único vetado é o zagueiro Breno Calixto, com um problema muscular. Poupados, o lateral Kevyn, os volantes Negretti e Wendel e os atacantes Wallace Pernambucano, Ortigoza e Robinho voltam. Destaque nos últimos jogos, o meia Júnior Timbó pode tomar a vaga de Josa.

FICHA DE JOGO

NÁUTICO
Bruno; Thiago Ennes (Bryan), Camutanga, Camacho e Kevyn; Negretti, Wendel e Júnior Timbó; Robinho, Ortigoza e Wallace Pernambucano. Técnico: Roberto Fernandes. Esquema: 4-3-3.

SALGUEIRO
Mondragon; Marcos Tamandaré, Maurício, Luiz Eduardo e Juninho; Peu, Jaildo, Dadá Belmonte e Fabiano Menezes; João Paulo e Willian. Técnico: Sérgio China. Esquema: 4-4-2.

Local: Arena de Pernambuco. Horário: 16h. Árbitro: Tiago Nascimento (PE). Assistentes: Cleberson Nascimento e Clóvis Amaral (ambos de PE). Ingressos: de R$ 15 (meia para visitantes, promocional e sócios) até R$ 40 (inteira para leste inferior).

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias