Timbu

Padrão de jogo 1 do Náutico esgotado na loja da sede alvirrubra

Procura pela camisa sofreu um boom desde março

JC Online
JC Online
Publicado em 09/04/2018 às 17:57
Leo Motta/JC Imagem
Procura pela camisa sofreu um boom desde março - FOTO: Leo Motta/JC Imagem
Leitura:

O título do Campeonato Pernambucano 2018 conquistado pelo Náutico  resgatou o orgulho alvirrubro de tal maneira que os torcedores praticamente esgotaram a camisa do padrão de jogo 1. Na lojinha da sede alvirrubra, até a tarde desta segunda-feira (9), constavam apenas 10 unidades. O modelo 2 também está sendo bastante procurado, mas ainda restavam opções no estoque.

"As vendas explodiram do último mês para cá, quando o futebol do Náutico começou a engrenar. O problema é que a Topper não estava contando com isso e não dispõe da camisa de jogo 1 em grande número no estoque. Em 30 dias, o estoque será reposto. A previsão é no começo de maio", comentou o empresário André Maciel, proprietário da TimbuShop.

OUTRAS OPÇÕES

Foto: Leo Motta/JC Imagem

Na ausência do padrão com o qual o alvirrubro ergueu o título do Estadual, ao vencer o Central por 2x1, no último domingo (8), o torcedor tem recorrido a modelos alternativos. A procura também está grande pelas camisas de goleiro e de passeio.

Nesta segunda-feira (9), a loja ainda passou a vender a opção comemorativa à conquista, com a imagem de Ortigoza e os dizeres #AquiÉNautico e Campeão Pernambucano 2018 estampados.

Foto: Leo Motta/JC Imagem

O médico Ângelo Jordão de Vasconcelos Sobrinho visitou a loja em busca do padrão de jogo 1 para a neta. Na ausência do modelo com o tamanho buscado, porém, optou por adquirir outra camisa da Timbu.

"Acordar como campeão pernambucano é uma sensação muito boa, que nunca mais a gente teve. Principalmente o pessoal mais novo, que é o caso da minha netinha. Ela tem 12 anos e nunca tinha visto um título do Náutico. Então, aproveitei e comprei uma camisa para ela. Não tinha a de jogo, por isso estou levando outra. Se ela não gostar, depois troca", contou.

Já o casal Luciano e Silvania Santos entraram na loja buscando exclusivamente o modelo comemorativo. Vim atrás da camisa comemorativa. É uma lembrança importante para ter depois de tanto tempo sem título", declarou o alvirrubro.

O responsável pela Timbushop da sede alvirrubra não soube precisar quantas camisas do clube vendeu no último mês. A previsão é que esse balanço seja concluído e divulgado na manhã desta terça-feira (10). 

Últimas notícias