estadual

''Fizeram cera o tempo todo'', reclama goleiro do Náutico

O Timbu perdeu por 1x0 para o Central, pela 6ª rodada do Pernambucano

Karoline Albuquerque
Karoline Albuquerque
Publicado em 21/02/2020 às 21:54
Notícia
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
O Timbu perdeu por 1x0 para o Central, pela 6ª rodada do Pernambucano - FOTO: Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Leitura:

O Náutico sofreu sua primeira derrota no estádio dos Aflitos sob o comando do técnico Gilmar Dal Pozzo. Diante do Central, na noite desta sexta-feira (21), o Timbu perdeu por 1x0, com gol de Bambam ainda no primeiro tempo, em jogo válido pela 6ª rodada do Campeonato Pernambucano 2020. Além de lamentar, uma das reclamações dos alvirrubros foi a cera da Patativa após o gol.

"A gente veio aqui para ganhar e definir a classificação no campeonato. Infelizmente, eles conseguiram fazer um gol e depois fizeram cera o tempo todo. Mas também tem ainda muito pela frente", disse o goleiro alvirrubro Marcão. A cera do Central foi também o motivo pelo qual o técnico Dal Pozzo foi expulso, ao reclamar insistentemente.

Os jogadores do Náutico deixaram o campo sob vaias dos pouco mais de mil torcedores presentes no estádio dos Aflitos. O volante e capitão alvirrubro Josa entendeu o lado da torcida, ressaltando que não foi uma partida digna. Ele recebeu o coro do zagueiro Lombardi.

"Resultado horrível. Lamentável perder um jogo desse em casa. Não adianta lamentar agora. Depois que acaba o jogo não adianta. A gente tem que ter a cabeça no lugar, treinar para semana que vem pensar na Copa do Nordeste. Santa Cruz é um outro jogo. Assim a gente vai, passo a passo, jogo a jogo, sempre procurando fazer o nosso melhor", disse o defensor.

No estadual, o Timbu segue na vice-liderança, com 11 pontos somados, cinco a menos que o líder Santa Cruz, justamente o próximo adversário alvirrubro na competição, no dia 1º de março, o domingo após o carnaval. Antes, porém, o Náutico enfrenta o ABC, pela Copa do Nordeste 2020, às 20h de quinta-feira (27), também nos Aflitos.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias