Copa do Nordeste

Náutico empata com o ABC e tropeça mais uma vez dentro de casa na Copa do Nordeste

Náutico e ABC ficaram no empate dentro dos Aflitos, pela quinta rodada da Copa do Nordeste

Fernando Marinho
Fernando Marinho
Publicado em 27/02/2020 às 22:03
Notícia
Alexandre Gondim/JC Imagem
Náutico e ABC ficaram no empate dentro dos Aflitos, pela quinta rodada da Copa do Nordeste - Alexandre Gondim/JC Imagem
Leitura:

Sem muita inspiração ofensiva, o Náutico voltou a tropeçar dentro do estádio dos Aflitos na Copa do Nordeste. Na noite desta quinta-feira (27), o Timbu recebeu o ABC e empatou por 1x1, pela quinta rodada da fase de grupos. Os gols do jogo foram marcados no começo do primeiro tempo. O meia Jailson, ex- Santa Cruz, abriu o placar para o time potiguar, enquanto o lateral-direito Bruno Souza marcou contra.

Com o resultado negativo, o Náutico caiu para a terceira posição no Grupo B, com oito pontos. Já o ABC continuou na sexta colocação do Grupo A com cinco pontos. Sem muito tempo para lamentar o tropeço na Copa do Nordeste, o Timbu já volta a campo no próximo domingo para enfrentar o Santa Cruz, às 16h, no Arruda, pela sétima rodada do Campeonato Pernambucano.

> Confira o lance a lance do jogo entre Náutico e ABC

O JOGO

O jogo começou movimentado, com dois gols em menos de dez minutos. Logo no início, aos dois minutos, o ABC surpreendeu o Náutico e abriu o placar depois de uma bela jogada do meia Jailson. Pela ponta esquerda do ataque, o jogador cortou Hereda e bateu colocado, sem chances para o goleiro Jefferson. Sete minutos depois, o Timbu reagiu. Hereda avançou pela direita, invadiu a área e chutou forte. O goleiro Rafael espalmou e o lateral-direito Bruno Souza acabou marcando contra, deixando tudo igual.

Depois dos gols, o jogo perdeu um pouco do ritmo. Aos 35 minutos, o ABC chegou perto do segundo gol. O atacante Paulo Sérgio recebeu a bola na cara do goleiro Jefferson, mas antes de chutar, Hereda chegou travando, evitando a conclusão do lance. No segundo tempo, as equipes voltaram a encontrar dificuldades para criar jogadas ofensivas. Sem muita inspiração nos dois lados, poucas oportunidades de gols foram criadas.

Sem muitas alternativas para as pontas do ataque no banco de reservas, após as lesões de Guillermo Paiva, Matheus Carvalho e Álvaro, o técnico Gilmar Dal Pozzo resolveu apostar na entrada de Salatiel para atuar ao lado de Kieza na área. Apesar de investir mais no ataque depois da mudança, o Náutico não conseguiu chegar com organização na área adversária e dava espaços para contra-ataques do ABC.

Mesmo sem muita efetividade no ataque, Erick era o jogador do Náutico que mais procurava jogo e tentava alternativas ofensivas. Em uma das jogadas individuais do atacante, já no final do jogo, os alvirrubros ficaram pedindo pênalti, mas o árbitro nada marcou.

FICHA DO JOGO

Náutico: Jefferson; Hereda, Diego Silva, Ronaldo Alves e Wilian Simões; Luanderson (Salatiel), Djavan (Rhaldney) e Jean Carlos; Erick, Jhonnatan e Kieza. Técnico: Gilmar Dal Pozzo.

ABC: Rafael; Bruno Souza, Vinicius Leandro, Richardson e Marlon (Wesley); Felipe Manoel, Cedric, Jailson e João Paulo; Berguinho (Igor Goularte) e Paulo Sérgio (Núbio Flávio). Técnico: Francisco Diá.

Local: estádio dos Aflitos (PE). Árbitro: Michael Vinicius Santos Freitas (SE). Assistentes: Vaneide Vieira de Gois e Renner Lisboa dos Santos (SE). Gols: Jailson aos 2' e Bruno Souza (contra) aos 9' do 1ºT. Cartões amarelos: Ronaldo Alves, Hereda, Kieza (Náutico); Marlon, Felipe Manoel (ABC). Público: 4.276 torcedores. Renda: R$ 43.880.

Newsletters

Ver todas

Fique por dentro de tudo que acontece. Assine grátis as nossas Newsletters.

Últimas notícias