Kieza

Técnico do Náutico destaca dedicação de Kieza no tratamento de lesão

Ídolo alvirrubro contratou um profissional para continuar o tratamento da lesão em casa

Fernando Marinho
Fernando Marinho
Publicado em 27/02/2020 às 7:29
Notícia
Caio Falcão/CNC
Ídolo alvirrubro contratou um profissional para continuar o tratamento da lesão em casa - FOTO: Caio Falcão/CNC
Leitura:

Desfalque por 27 dias por conta de uma lesão de grau três no tornozelo esquerdo, o atacante Kieza retorna ao time titular do Náutico nesta quinta-feira (27), contra o ABC, pela Copa do Nordeste. A rápida recuperação do jogador, depois de romper os ligamentos do joelho, chamou atenção no clube. Antes, o departamento médico havia estimado um tempo de recuperação entre quatro e seis semanas para o atacante voltar aos treinamento.

Destacando a dedicação do ídolo alvirrubro durante o período de recuperação da lesão, o técnico Gilmar Dal Pozzo revelou que Kieza contratou um profissional para continuar o tratamento em casa. Pela manhã, o jogador realizava fisioterapia no Náutico, enquanto no período da noite seguia se tratando com um profissional particular.

"Kieza é bem vindo pela qualidade, mas principalmente por conta do envolvimento dele com o clube que chama a atenção. Nesse período que ele estava lesionado, ele fez fisioterapia durante o dia no clube e a noite ele contratou um profissional, demonstrando o amor que ele tem com esse clube, então a volta dele é muito vem vinda, acréscimo de qualidade de um atleta envolvido com o clube", comentou o técnico Gilmar Dal Pozzo.

OPORTUNIDADE

Sem poder contar com Guillermo Paiva, Matheus Carvalho e Álvaro, o comandante alvirrubro tem apenas uma dúvida na ponta-esquerda do ataque. O volante Jhonnatan e os atacantes Jefferson Nem e Júlio, ambos da base, disputam a vaga no setor. Para Gilmar Dal Pozzo, com os desfalques no ataque, é a oportunidade para os jogadores com pouco tempo em campo na temporada mostrar serviço.

"Eu vejo que quando tem um atleta que se lesiona, é a oportunidade para um outro atleta, para os meninos da base, o próprio Jefferson Nem, de aproveitar essa oportunidade. A oportunidade não bate na porta, não avisa, por isso que eu falo para os atletas sempre treinarem em alta intensidade, concentrado, que daí eles estão preparados para o jogo. E agora a oportunidade está aí, cabe a eles saber aproveitar", destacou o treinador.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias