Pan de Guadalajara

Ginástica rítmica é ouro e bronze

Equipe brasileira entrou para a história ao conquistar o tetracampeonato da modalidade

Eduardo Azevedo
Eduardo Azevedo
Publicado em 16/10/2011 às 23:50
Leitura:

Bianca Mendonça, Débora Falda, Driely Daltoe, Eliane Sampaio, Jéssica Maier e Luísa Matsuo entraram para a história da ginástica rítmica do país ao conquistar neste domingo (16/10) o tetracampeonato brasileiro da modalidade, no Complexo de Ginástica de Guadalajara. Neste domingo também, Angélica Kvieczynski faturou o bronze na prova geral da ginástica rítmica.

A equipe somou 48.575 pontos, o que garantiu presença no topo do pódio. Na segunda colocação ficaram as atletas do Canadá, com 47.950. Logo atrás, as cubanas ficaram com a medalha de bronze, ao totalizar 47,175 pontos.

O título foi a conquista mais importante dessa equipe brasileira, que treina junto desde fevereiro. Todas as atletas são muito novas. A mais experiente é Luísa Matsuo, de 23 anos, única atleta (desta atual equipe) presente na conquista do ouro no Rio-2007. Desde Winnipeg-1999, que a medalha de ouro na ginástica rítmica não sai pescoço brasileiro.

Se as atletas não eram as mais experientes, a torcida local tratou de incentivá-las ontem. É que o México não chegou à fase final e os gritos e buzinas passaram a ser gastos para as brasileiras.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias