Vôlei

Jaqueline passa bem e é liberada pelos médicos

A jogadora sofreu uma fratura nas vértebras C5 e C6 da coluna cervical

Aline Souza
Aline Souza
Publicado em 16/10/2011 às 16:03
Leitura:

A ponteira Jaqueline, da seleção feminina de vôlei, passou bem a noite no hospital em Zapopan (região metropolitana de Guadalajara) e receberá alta neste domingo, por volta das 17 horas (de Brasília). A jogadora, que sofreu uma fratura nas vértebras C5 e C6 da coluna cervical, está fora dos Jogos Pan-Americanos e da Copa do Mundo, que será disputada em novembro.

Jaqueline passou por nova avaliação na manhã deste domingo, que constatou novamente o quadro de fratura, sem lesão medular. A jogadora terá que ficar com um colete cervical por cerca de oito semanas, segundo o chefe-médico do Comitê Olímpico Brasileiro (COB), João Grangeiro.

A ponteira, que na noite de sábado falou com o marido, o também jogador Murilo, e com a mãe, passou a noite sendo observada pelo médico da seleção feminina de vôlei, Júlio Nardelli. Antes de deixar o hospital, recebeu a visita de Carlos Arthur Nuzman, presidente do COB, que a presenteou com flores.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias