Atletismo

Pernambucanos vão bem no primeiro dia do Troféu Brasil

Na abertura do torneio, atletas do Estado chegaram a finais e Fabiane ganhou prata

João Marcelo
João Marcelo
Publicado em 27/06/2012 às 20:08
Marcelo Ferrelli/CBAt
FOTO: Marcelo Ferrelli/CBAt
Leitura:

Marcelo Ferrelli/CBAt
Cruz Nonata durante o Troféu Brasil - Marcelo Ferrelli/CBAt
Marcelo Ferrelli/CBAt
Damião Ancelmo de Souza durante o Troféu Brasil - Marcelo Ferrelli/CBAt
Marcelo Ferrelli/CBAt
Keila Costa durante o Troféu Brasil - Marcelo Ferrelli/CBAt
Marcelo Ferrelli/CBAt
Rogério Bispo durante o Troféu Brasil - Marcelo Ferrelli/CBAt
Marcelo Ferrelli/CBAt
Wagner Domingos durante o Troféu Brasil - Marcelo Ferrelli/CBAt
Marcelo Ferrelli/CBAt
Damião Ancelmo de Souza durante o Troféu Brasil - Marcelo Ferrelli/CBAt

 

Os pernambucanos foram bem no primeiro dia de disputas do Troféu Brasil de Atletismo, no Estádio Ícaro de Castro Melo, no Ibirapuera, em São Paulo. Embora não tenham alcançado nenhum índice para os Jogos de Londres, os atletas do Estado se destacaram nesta quarta-feira (27.6). A primeira medalha saiu para Fabiane Cristine, nos 10.000m. Ela ficou com a prata. Keila Costa, no salto triplo, Wagner Domingo e Thiago Benedito Curió, no lançamento do martelo, conseguiram vagas para as finais.

Na prova dos 10.000m, a piauiense Cruz Nonata venceu com folgas, com o tempo de 32min15s72. A pernambucana Fabiane Cristine completou em segundo com 34min05s77. A terceira foi a paulista Adriana Aparecida, com 34min13s60. A atleta do Estado voltará a competir amanhã nos 5.000m.

No lançamento do martelo, Wagner Domingos só precisou de um lançamento para avançar à final. Com 67,94 m, o pernambucano não deverá ter dificuldades para ficar com o ouro, embora o principal objetivo seja o índice olímpico de 76.08m. A próxima e última chance de alcançá-lo será nesta quinta-feira, às 15h15. Quem vibrou bastante com a vaga na final foi o sucessor de Wagner, Curió. Ele chegou à decisão só no último arremesso, quando alcançou 51.53m.

Na qualificatória do salto triplo, prova em que já está classificada para Londres, Keila Costa fez um apronto para a final. Ela só precisou de um salto para alcançar 14.13m. A segunda colocada foi a gaúcha Gisele Lima de Oliveira, que chegou a 13.82m. A final será disputada hoje. No sábado pela manhã, a pernambucana tentará o índice olímpico no salto em distância.

O destaque do dia da programação do Troféu Brasil de Atletismo será as finais dos 100m rasos masculino e feminino a partir das 18h.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias