Tailândia

Brasil goleia no Mundial de Futsal, mas fica sem Falcão

Seleção venceu Japão por 4x1, mas astro sofreu contusão na panturrilha

Elias Roma Neto
Elias Roma Neto
Publicado em 01/11/2012 às 15:24
Leitura:

O Brasil estreou com vitória no Mundial de Futsal, ao golear o Japão por 4x1, nesta quinta-feira (1º/11), em Nakhon Ratchasima, na Tailândia. Mas a seleção brasileira deixou a quadra com um grande problema: o astro Falcão sofreu uma contusão na panturrilha direita e chegou a chorar quando saiu do jogo, devendo ser desfalque para a sequência do campeonato.

Falcão chegou a correr risco de não disputar o Mundial, por causa de uma contusão na coxa direita. Mas conseguiu se recuperar a tempo e foi inscrito na competição na Tailândia. Nesta quinta-feira, porém, ele aguentou ficar apenas três minutos em quadra, saindo com dores na panturrilha. Depois, admitiu que dificilmente terá condições de voltar ao time.

"Infelizmente, preocupa. Quando tive a lesão no adutor, foi cicatrizada. Mas, devido aos treinos, sobrecarregou a panturrilha", contou Falcão, em entrevista ao SporTV depois do jogo com o Japão. "Vou fazer o exame, mas fica difícil para a sequência do campeonato. Não é fácil, acabar o sonho de jogar o Mundial em três minutos. Vai ser sofrido olha de fora."

Aos 35 anos, Falcão é considerado o melhor jogador de futsal do mundo e peça fundamental da seleção brasileira. E já tinha avisado que esse seria o último Mundial de sua carreira. Bastante abatido com a lesão sofrida logo na estreia, ele não mostrou esperança de que ainda possa ajudar o Brasil a buscar o título na Tailândia. "Vou ficar na torcida", disse.

Mesmo sem contar com Falcão, o Brasil teve uma estreia tranquila no Mundial. Diante do Japão, que contava com o veterano Kazu Miura (ex-jogador de futebol, que passou pelo Santos e está com 45 anos), a seleção brasileira dominou completamente o jogo e desperdiçou algumas ótimas chances, chegando a acertar a trave, antes de abrir o placar com Wilde ainda no primeiro tempo.

Na segunda etapa, já com a vantagem no placar, o Brasil conseguiu chegar à goleada, com mais um gol de Wilde, um de Neto e outro de Vinicius. No final, o Japão ainda descontou com um golaço de Inaba, mas não foi suficiente para ameaçar a vitória brasileira. Depois do apito final, os jogadores comemoraram o resultado, mas ficou a tristeza pela lesão de Falcão.

O Brasil está em busca de sétimo título na história do Mundial, contando os dois que foram conquistados ainda sob a administração da antiga Federação Internacional de Futebol de Salão (Fifusa), em 1982 e 1985. Desde 1989, o futsal passou a ser controlado pela Fifa - e, nesse período, a seleção brasileira já foi campeã mais quatro vezes (1989, 1992, 1996 e 2008).

O próximo jogo do Brasil será no domingo, novamente em Nakhon Ratchasima, contra a Líbia, que perdeu para Portugal por 5x1 na estreia desta quinta-feira. Em outros resultados do primeiro dia do Mundial de Futsal, a anfitriã Tailândia derrotou a Costa Rica por 3x1 e Ucrânia e Paraguai empataram por 3x3 - esses dois confrontos foram válidos pelo Grupo A.

Newsletters

Ver todas

Fique por dentro de tudo que acontece. Assine grátis as nossas Newsletters.

Últimas notícias