tênis

Ferrer sua, mas bate Harrison na estreia em Cincinnati

Cabeça de chave número 3 do torneio, ele foi surpreendido pelo equilíbrio na partida diante do norte-americano Ryan Harrison, mas conseguiu avançar à terceira rodada do torneio ao vencer por 2 sets a 1

Da Agência Estado
Da Agência Estado
Publicado em 13/08/2013 às 19:12
Foto: RONALD MARTINEZ / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / AFP
Cabeça de chave número 3 do torneio, ele foi surpreendido pelo equilíbrio na partida diante do norte-americano Ryan Harrison, mas conseguiu avançar à terceira rodada do torneio ao vencer por 2 sets a 1 - FOTO: Foto: RONALD MARTINEZ / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / AFP
Leitura:

O espanhol David Ferrer suou bastante, mas estreou com vitória no Masters 1000 de Cincinnati, nesta terça-feira (13). Cabeça de chave número 3 do torneio, ele foi surpreendido pelo equilíbrio na partida diante do norte-americano Ryan Harrison, mas conseguiu avançar à terceira rodada do torneio ao vencer por 2 sets a 1, com parciais de 7/6 (7/5), 3/6 e 6/4, em 2h42min de partida.

Depois de um primeiro set equilibrado, no qual Ferrer aproveitou os erros de saque do adversário para fechar no tie-break, Harrison reagiu e deixou a partida empatada. Na parcial de desempate, o espanhol voltou melhor e conseguiu uma quebra logo no início. O número 4 do mundo chegou a sacar para fechar a partida, mas perdeu o game e colocou o triunfo em risco. No entanto, logo na sequência, voltou a quebrar o norte-americano e garantiu a classificação.

Agora, Ferrer espera o vencedor do confronto entre o norte-americano James Blake, número 97 do mundo, e o russo Dmitry Tursunov, 44.º do ranking da ATP, para conhecer seu adversário na terceira rodada.

Outro cabeça de chave que entrou em quadra nesta terça foi o francês Gilles Simon. Listado como 15.º favorito do torneio, no entanto, ele não conseguiu superar o canadense Vasek Pospisil. Depois de perder o primeiro set por 6/3, Simon abandonou na segunda parcial. Número 40 do mundo, Pospisil vive grande momento depois de ter sido semifinalista do Masters 1000 de Montreal - perdeu para Milos Raonic. Agora, ele terá pela frente o belga David Goffin.

Já Stanislas Wawrinka, cabeça de chave número 9, não teve maiores dificuldades para eliminar o italiano Andreas Seppi por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 6/4. Na terceira rodada, o suíço terá pela frente o espanhol Tommy Robredo, algoz de Thomaz Bellucci nesta terça.

Em outros confrontos já encerrados do dia, o russo Mikhail Youzhny passou pelo letão Ernests Gulbis por 2 a 0 (7/5 e 6/3). Já o búlgaro Grigor Dimitrov atropelou o norte-americano Brian Baker também em dois sets (6/3 e 6/2). Com facilidade semelhante o alemão Benjamin Becker bateu o espanhol Pablo Andujar (6/1 e 6/4).

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias