Doping

Anderson Silva cai novamente no antidoping

Exame deu positivo no UFC 183, no dia 31 de janeiro

Do JC Online
Do JC Online
Publicado em 12/02/2015 às 13:45
Foto: Marcelo Santos/ GERJ
Exame deu positivo no UFC 183, no dia 31 de janeiro - FOTO: Foto: Marcelo Santos/ GERJ
Leitura:

O lutador Anderson Silva teve mais um baque. De acordo com informações do site Combate.com, o exame antidoping feito no peso-médio no dia de sua luta com o norte-americano Nick Diaz, no dia 31 de janeiro, deu positivo para várias substâncias, mesmo com a Comissão Atlética do Estado de Nevada não divulgando o exame de forma oficial.

Esse já foi o terceiro exame antidoping do Spider. A primeira foi no dia 9 de janeiro e deu positivo. Foi realizado um segundo teste no dia 19 e o resultado deu negativo para todos as substâncias encontradas. Com esse último resultado, o lutador deve ser suspenso de nove meses a dois anos. O seu concorrente também foi convocado a dar esclarecimentos sobre o teste positivo no dia da luta a substâncias existentes na maconha.

Com isso, tudo indica que a luta tenha o resultado alterado para "no contest", ou seja, sem vencedor. Além disso, o lutador brasileiro pode perder todo o valor ganho na luta - mais de US$ 800 mil. Anderson Silva ainda não se manifestou sobre o caso.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias