Proibição

FIA irá proibir capacetes diferentes durante temporada da F-1

A medida é mais uma tomada pela FIA para facilitar a identificação do público com os pilotos

Da Folhapress
Da Folhapress
Publicado em 18/02/2015 às 14:17
Foto: STUDIO COLOMBO X PIRELLI MEDIA
A medida é mais uma tomada pela FIA para facilitar a identificação do público com os pilotos - FOTO: Foto: STUDIO COLOMBO X PIRELLI MEDIA
Leitura:

Depois de exigir que os pilotos tenham um número fixo para ser usado durante toda sua carreira na F-1, a FIA, entidade que comanda o automobilismo mundial, irá agora proibir que eles troquem de capacete durante a temporada.

A novidade, que foi aprovada na reunião da Comissão de F-1 realizada nesta terça-feira (17), em Genebra, na Suíça, ainda terá de passar pelo crivo do Conselho Mundial da entidade, que se reúne no fim do mês, mas que será apenas uma formalidade.

A medida é mais uma tomada pela FIA para facilitar a identificação do público com os pilotos e faz parte da tentativa de deixar o esporte mais perto dos fãs, uma antiga reclamação.

Após pesadas críticas à categoria, especialmente no ano passado, com a introdução dos motores V6 turbo, que deixaram os carros menos "barulhentos", a entidade começou a estudar maneiras de fazer a F-1 mais "amigável" aos torcedores.

Sessões obrigatórias de autógrafos nos finais de semana de corrida e a numeração fixa para os pilotos foram novidades introduzidas justamente com este propósito.

A ideia agora é que os pilotos mantenham o mesmo desenho nos capacetes para facilitar o reconhecimento quando eles estiverem nos carros.

Tetracampeão mundial, Sebastian Vettel é conhecido justamente pelo contrário, já que muda a pintura de seu capacete com regularidade e já usou mais de 60 modelos diferentes desde sua estreia na F-1, em 2006.

Pela proposta da Comissão de F-1, seriam banidas também as pinturas especiais que os pilotos geralmente fazem para GPs como os de Mônaco e Cingapura e também as homenagens.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias