Arena Pernambuco

Torcedores do Clássico das Emoções não vão ter metrô na volta para casa

Quem for ao jogo, marcado para às 22h, contará com um esquema especial de transporte

Do JC Online
Do JC Online
Publicado em 25/02/2015 às 9:02
Foto: Sindmetro-PE/Divulgação
Quem for ao jogo, marcado para às 22h, contará com um esquema especial de transporte - FOTO: Foto: Sindmetro-PE/Divulgação
Leitura:

A Arena Pernambuco recebe nesta quarta-feira (25) mais um clássico das emoções, desta vez, pelo Campeonato Pernambucano. Quem deseja ir ao estádio conferir a partida, marcada para às 22h, contará com um esquema especial de transporte.

Na ida ao estádio, os torcedores do Náutico poderão utilizar a linha centro do metrô e desembarcar no TI Cosme e Damião. No terminal, 10 coletivos da linha 047- Cosme e Damião/Arena estarão disponíveis para levar os torcedores até o estádio. Já a torcida do Santa Cruz, visitante, poderá se dirigir ao Terminal Integrado do TIP, onde contarão com 5 veículos da linha 048 - TI TIP/Arena para leva-los à Arena. 

Já no retorno para casa, os torcedores não poderão contar com o metrô. De acordo com o assessor de Comunicação do Metrorec, Salvino Gomes, a platéia do clássico das emoções devem recorrer aos ônibus. “Não vamos ampliar o horário de atendimento não. Nosso horário de é diariamente das 5h às 23h, com horário de pico até às 20h. Como o jogo está marcado para às 22h, vamos estender nosso horário de pico em aproximadamente uma hora”, explica.

Ao fim da partida, os torcedores do Náutico vão embarcar na linha 047-Cosme e Damião/Arena, que seguirá pela Caxangá. Enquanto os que foram ao estádio pelo Santa Cruz  devem pegar o coletivo 048-TI TIP/Arena, que vai pela Avenida Abdias de Carvalho. O embarque de ambos os ônibus deve ser feito em frente a Arena Pernambuco e o destino das linhas é o Cais de Santa Rita.

Recentemente, o Metrô do Recife foi depredado antes de uma partida de futebol. Ainda segundo Salvino, a Polícia Militar está acompanhando a movimentação, especialmente em dias de jogos, para garantir que situações semelhantes não se repitam.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias