tênis

Rafael Nadal não defenderá a Espanha na Copa Davis

Rafael Nadal pediu dispensa após conquistar o vice-campeonato do Aberto da Austrália. Ele alegou que o desgaste da competição o deixou sem condições físicas

Gabriela Máxima
Gabriela Máxima
Publicado em 30/01/2017 às 14:52
AFP
Rafael Nadal pediu dispensa após conquistar o vice-campeonato do Aberto da Austrália. Ele alegou que o desgaste da competição o deixou sem condições físicas - FOTO: AFP
Leitura:

O vice-campeonato conquistado por Rafael Nadal no Aberto da Austrália foi bastante comemorado pelo tenista. O espanhol, no entanto, não esperava chegar tão longe e se desgastar tanto com a companha que o levou a final. Por isso, ele anunciou nesta segunda-feira que não defenderá a Espanha na Copa Davis. O torneio está marcado para acontecer entre a próxima sexta-feira e domingo, mas Nadal não tem condições físicas para entrar em quadra. Esta será a primeira fase do Grupo Mundial da Davis.

Rafa pediu dispensa do time e seu substituto será Feliciano López. A equipe ainda conta com Roberto Bautista Agut, Pablo Carreño Busta e Marc López.


COMUNICADO

"O desgaste de Rafa no último mês foi grande. Deve se recuperar de seus esforços e tenho certeza que nos acompanhará nas próximas fases", afirmou Conchita Martínez. "Agradeço a Feliciano López por sua disposição imediata para viajar, demonstrando uma vez mais seu enorme compromisso com a equipe", completou a técnica do time. Com isso, Nadal volta a jogar a partir do dia 13 de fevereiro, no Torneio de Roterdã, um ATP 500.

 

 

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias