Copa Davis

Tenista do Canadá acerta juiz com uma bolada e é desclassificado

Em um ato de fúria, Denis Shapalov isolou uma bola e acabou acertando o juiz de cadeira, custando

JC Online
JC Online
Publicado em 06/02/2017 às 10:14
ANDRE RINGUETTE / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / AFP
Em um ato de fúria, Denis Shapalov isolou uma bola e acabou acertando o juiz de cadeira, custando - FOTO: ANDRE RINGUETTE / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / AFP
Leitura:

Era a partida decisiva do confronto entre Canadá e Grã Bretanha, válida pela primeira rodada do Grupo Mundial da Copa Davis. O canadense Denis Shapovalov, de apenas 17 anos, se irritou com um erro não forçado que custou seu game de saque e decidiu isolar uma bola para longe. O problema é que, em seu ato de fúria, Sapovalov acertou a bola bem no olho do juiz de cadeira Arnaud Gabas, o que acabou eliminando o jovem da partida.

A regra do tênis estabelece que um tenista seja eliminado da partida caso ele atinja, fora da disputa de um ponto, qualquer pessoa dentro ou fora da quadra, seja de forma intencional ou não. Como era a última partida do confronto, a eliminação causou a derrota do Canadá na Copa Davis.

Após a partida, o canadense se desculpou pela sua atitude. "Preciso me desculpar com árbitro e a todos os juízes de linha da partida. Tive um comportamento inaceitável dentro de quadra. Estou muito envergonhado e jamais cometerei esse erro de novo. Estou muito envergonhado também por ter decepcionado meu time e meu país", afirmou o jovem.

Com a derrota, o Canadá irá disputar a repescagem da Copa Davis. A Grã Bretanha irá disputar agora as quartas de final.

Confira o lance no vídeo abaixo:

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias