Projeto

Prestes a fazer 40 anos, Vitor Belfort quer ser executivo do UFC

Declaração foi dada enquanto o brasileiro se prepara para enfrentar Kelvin Gastelum, em março

Luana Ponsoni
Luana Ponsoni
Publicado em 24/02/2017 às 12:40
UFC/Divulgação
Declaração foi dada enquanto o brasileiro se prepara para enfrentar Kelvin Gastelum, em março - FOTO: UFC/Divulgação
Leitura:

Prestes a fazer 40 anos, o brasileiro Vitor Belfort deixou clara a sua intenção de trabalhar na organização do UFC. A declaração foi dada no momento em que o lutador entra na reta final da preparação para enfrentar Kelvin Gastelum no UFC Fortaleza, marcado para o dia 11 de março, no Centro de Formação Olímpica.  

Orgulhoso do discurso empreendedor, raro entre os colegas de profissão, Belfort sonha alto. Com 20 anos de dedicação ao esporte, ele garante que saberia como promover ainda mais o crescimento do evento após pendurar as luvas. Mas, para isso, precisaria da confiança dos novos donos do UFC para exercer papel de destaque e liderança no evento. De acordo com sua estimativa, isso traria retorno financeiro garantido.

INOVAÇÕES

“Tenho muitas ideias dentro da organização. Quero ajudar as pessoas”, garantiu em conversa com a reportagem da Ag. Fight. “Lá dentro tem muita coisa a ser feita. Acredito muito nessa organização, podemos fazer muita coisa para crescer e melhorar. A tendência é cada vez mais termos executivos que viveram do esporte. Mas tem que estar preparado. Tem visão para isso? Eu tenho muitas ideias e sei que traria muito dinheiro para o UFC. Tem que ter um algo a mais”, afirmou.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias