automobilismo

Felipe Massa sinaliza que deve continuar na Fórmula 1 em 2018

Felipe Massa havia se aposentado da Fórmula 1 em 2016, mas uma reviravolta nas vagas da categoria fez a Williams convidá-lo à disputa do Mundial de 2017

Gabriela Máxima
Gabriela Máxima
Publicado em 09/08/2017 às 11:49
AFP
Felipe Massa havia se aposentado da Fórmula 1 em 2016, mas uma reviravolta nas vagas da categoria fez a Williams convidá-lo à disputa do Mundial de 2017 - FOTO: AFP
Leitura:

O brasileiro Felipe Massa havia se aposentado das pistas da Fórmula 1 na temporada de 2016. No entanto, a aposentadoria de Nico Rosberg abriu uma vaga no grip e a Williams convocou Massa para retorna à categoria. Ele aceitou o convite e vem apresentando bons resultados com o carro irregular de sua escuderia. Satisfeito com os acontecimentos, o piloto sinalizou que pode continuar na disputa do Mundial do próximo ano.

"Eu estou em boa forma. Meu jeito de pilotar, meu entendimento do carro e tudo. Não tenho motivos para não ficar na Fórmula 1, mas vamos ver o que vai acontecer. Eu estou correndo com muito mais tranquilidade e também fico feliz com o que faço no carro. Tive azar em algumas corridas, infelizmente, mas estou curtindo. Não pensar em algumas coisas que fazem parte do seu trabalho simplesmente te deixam mais relaxado, fazendo o que gosto de fazer, aproveitando, sem pressão", relatou Massa, em entrevista ao AutoSport.

MUNDIAL

Atualmente, o brasileira soma 23 pontos e está na 11ª colocação, uma à frente do companheiro Lance Stroll, que apresenta 18 pontos. 

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias