melhores do ano

Prêmio Pódio Pernambuco elege os melhores atletas de 2017

Prêmio Pódio Pernambuco celebra as conquistas dos atletas em 2017. Cerimônia será realizada na quarta-feira, às 19h, no Teatro Santo Isabel

JC Online
JC Online
Publicado em 26/12/2017 às 16:33
Divulgação
Prêmio Pódio Pernambuco celebra as conquistas dos atletas em 2017. Cerimônia será realizada na quarta-feira, às 19h, no Teatro Santo Isabel - FOTO: Divulgação
Leitura:

Após um ano repleto de treinos e competições, a comunidade esportiva celebrará nesta quarta-feira as conquistas e experiências da temporada de 2017 no Prêmio Pódio Pernambuco, em cerimônia marcada para começar às 19h, no Teatro Santa Isabel. Promovido pela Secretaria de Turismo, Esportes e Lazer, o prêmio apontará os melhores atleta, para-atleta e técnico dos últimos meses. Entre os competidores convencionais, os indicados são Fernando DDI (futebol de areia), Luciana Santos (judô) e Guilherme Rocha (jiu-jitsu).

INDICADOS

Do trio, o mais experiente é DDI. Com 36 anos, o jogador apresenta os títulos da Copa do Mundo, das Eliminatórias Conmebol, do Mundialito de Seleções e da Copa Intercontinental de Dubai. Do jiu jitsu, Guilherme foi o vice-campeão do Mundial IBJJF, terceiro colocado no Pan-Americano IBJJF e no Sul-Americano IBJJF e o título do Internacional Pro Abu Dabi.

A caçula dos indicados é Luciana, que tem 14 anos e uma carreira vitoriosa no judô: campeã do Campeonato Sul-Americano sub-15, terceira colocada no Pan-Americano sub-15, campeã dos Jogos Escolares da Juventude, campeã do Brasileiro sub-15.
Já os para-atletas que disputam o troféu de melhor do ano são Ana Cláudia Silva, Jeohsah Bezerra (ambos do atletismo e Lucas Carvalho (tênis de mesa). Ana Cláudia tem 29 anos e é referência nas suas provas, acumulando títulos no cenário internacional: ouro no Open Internacional, no Circuito Brasil, terceira colocada no ranking mundial dos 100m rasos e quarta na lista mundial no salto em distância.

Jeohsah, por sua vez, tem 18 anos e também é campeão do Open Internacional, campeão do Circuito Brasil e terceiro colocado no Parapan-Americano de Jovens. Já Lucas, 17 anos, sagrou-se campeão Parapan-Americano Adulto, vice dos Jogos Parapan-Americano de Jovens, terceiro colocado no Spanish Open e da Copa Tango da Argentina.
Cristiano Rocha (handebol), Marcílio Félix (judô) e Zé Radiola (jiu-jitsu) foram os treinadores que se destacaram na temporada de 2017.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias