WSL

Medina vence no Taiti e avança à vice-liderança do Mundial de surfe

Brasileiro está logo atrás do compatriota Filipe Toledo, que só foi eliminado nas semifinais em Teahupoo

JC Online
JC Online
Publicado em 19/08/2018 às 20:42
WSL/Divulgação
Brasileiro está logo atrás do compatriota Filipe Toledo, que só foi eliminado nas semifinais em Teahupoo - FOTO: WSL/Divulgação
Leitura:

O brasileiro Gabriel Medina cravou 13.50 em cima de 12.07 do australiano Owen Wright, o brasileiro para garantir o título da etapa do Taiti do Circuito Mundial de Surfe. A competição encerrada em Teahupoo, neste domingo (19), foi o sétimo evento da elite do surfe este ano. Com o troféu erguido no oceano pacífico, o campeão mundial de 2014 assumiu a vice-liderança da temporada, que tem três brasileiros entre os cinco primeiros na lista.

A vitória de Medina foi decidida apenas na última onda, quando os 7,33 obtidos foram somados aos bons pontos já conquistados. Para chegar lá, ele não teve vida fácil, perdeu algumas oportunidade de aumentar o saldo, não completou boas manobras e ainda foi engolido por uma das ondulações

O australiano começou somando 6.50 e 1.17, mas, em seguida, foi ultrapassado pelo brasileiro. O rival ainda tentou reação, entretanto, Medina voltou a superá-lo com boas batidas.

CAMINHO À DECISÃO

Antes de avançar à final, o brasileiro passou pelo francês Jeremy Flores. Na primeira onda, ele fez 1,17 e, na segunda, 7,10. Ao mesmo tempo, faltando 15 minutos para o fim da bateria, Flores não marcava. Medina disparou à frente fazendo outros 8,70, enquanto o rival somou 6,10 nas duas oportunidades.

Filipe Toledo, por sua vez, teve como algoz o mesmo Owen. Ele caiu na semi somando 10.03 contra 12.60 do adversário. Esse foi seu melhor resultado em Teahupoo. Com ele, Filipinho mantém na ponta do ranking, somando 41,985 pontos – 6,300 a mais que Medida.

A vitória de Medina traz ainda mais força para as estatísticas dos brasileiros. Os representantes do verde e amarelo levaram a melhor nas últimas seis etapas do circuito. Com Ítalo Ferreira vencendo em Bells Beach e Bali, Filipe Toledo liderando no Rio Pro e J-Bay e William Cardoso em Uluwatu.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias