vôlei feminino

Brasil atropela Quênia no Mundial de Vôlei Feminino

Triunfo por 3 a 0 levou a seleção brasileira à 2ª posição do Grupo D

Diego Borges
Diego Borges
Publicado em 03/10/2018 às 9:52
Divulgação/FIVB
Triunfo por 3 a 0 levou a seleção brasileira à 2ª posição do Grupo D - FOTO: Divulgação/FIVB
Leitura:

Foram necessários apenas 58 minutos de partida para o Brasil garantir vaga na segunda fase do Campeonato Mundial de Vôlei Feminino. A seleção atropelou sem grandes problemas, nesta quarta-feira, a seleção do Quênia por 3 sets a 0 (25/13, 25/10 e 25/16). O jogo foi disputado em Hamamatsu, no Japão.

Com o resultado, o time do técnico José Roberto Guimarães somou a terceira vitória em quatro jogos, alcançando a segunda colocação do Grupo D, atrás da Sérvia, responsável pelo único revés do time brasileiro até agora na competição.

NATÁLIA RETORNA

Zé Roberto escalou a seleção com Dani Lins, Gabi, Fernanda Garay, Bia, Carol, Tandara e a líbero Suelen para iniciar a partida. Com o decorrer do confronto, o treinador mexeu bastante na equipe, com destaque para a presença de Natália, recuperada de uma tendinite crônica no joelho direito.

A ponteira teve boa atuação e foi a maior pontuadora da partida, com 12 pontos, seguida por Tandara, que obteve 11. "É o meu primeiro jogo depois de oito meses. Tem muita coisa para melhorar, mas estou muito feliz", disse a jogadora. "Ela ainda requer cuidados, mas está forte e conseguiu atacar bem e mostrou bom posicionamento no bloqueio e na defesa", analisou Zé Roberto

No total, o Brasil teve 35 pontos de ataque, 12 de bloqueio e dez de saque. A equipe só proporcionou 11 pontos de erros para as quenianas.

O Brasil volta a jogar nesta quinta-feira, diante do Casaquistão, na última partida da primeira fase. Além do Quênia, a seleção venceu Porto Rico e República Dominicana, mas perdeu para a Sérvia.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias