corrida de rua

Recorde de atletas e a tradição da Corrida das Pontes do Recife

A Corrida das Pontes do Recife recebeu nove mil atletas na 16ª edição do evento, realizada no domingo. Tradição marcou a prova pernambucana

JC Online
JC Online
Publicado em 01/04/2019 às 9:30
Antônio Lima/Divulgação
A Corrida das Pontes do Recife recebeu nove mil atletas na 16ª edição do evento, realizada no domingo. Tradição marcou a prova pernambucana - FOTO: Antônio Lima/Divulgação
Leitura:

Sete pontes, Forte do Brum, Marco Zero e as ruas centenárias do Centro do Recife. Não à toa, a Corrida das Pontes reúne história e tradição nos percursos dos 5,2km e 10km mais emblemáticos da capital pernambucana. Em 2019, o evento chegou a sua 16ª edição e contou com recorde de participantes. Foram cerca de 9 mil corredores, com destaque para 7 mil inscritos oficialmente. No cenário do pedestrianismo do Nordeste, o número é bastante expressivo e coloca a Corrida das Pontes na lista de principais provas do País. E por que o evento é tão tradicional?

O idealizador e organizador José João da Silva é ex-atleta olímpico (Los Angeles-1984) e bicampeão da São Silvestre, em 1980 e 1985. É sobretudo um apaixonado pelo movimento. E há 16 anos ele resolveu empreender no setor esportivo com o intuito de transformar a vida das pessoas através do pedestrianismo. Naquela época, corrida de rua era muito raiz e reunia centenas de pessoas em busca de qualidade de vida e um tanto de emoção. De lá para cá, o evento se tornou referência e passou a atrair milhares de atletas. É o primeiro momento de confraternização da comunidade esportiva do Estado.

TRADIÇÃO

“A Corrida das Pontes virou uma tradição do Nordeste. Faz parte das comemorações do aniversário e é uma homenagem da cidade. Por isso, passou a ser uma referência para o Recife e para toda a Região. A tendência é a gente ampliar ainda mais o número de participantes. Hoje tivemos sete mil inscritos, mas largaram entre oito e nove mil participantes. É um número bastante expressivo que tende a aumentar nos próximos anos”, revelou José João.

Confira texto completo no Blog Vida Fit. 

Últimas notícias