MUDANÇAS CLIMÁTICAS

Aquecimento global ameaça realização de Jogos de Inverno

Uma equipe de pesquisadores observou 21 cidades que sediaram ou sediarão os jogos entre os anos de 1924 e 2022 para calcular como o impacto do fenômeno sobre elas

Marcelo Aprigio
Marcelo Aprigio
Publicado em 05/12/2019 às 8:37
Notícia
Foto: Divulgação/Comitê Olímpico Brasileiro
Uma equipe de pesquisadores observou 21 cidades que sediaram ou sediarão os jogos entre os anos de 1924 e 2022 para calcular como o impacto do fenômeno sobre elas - FOTO: Foto: Divulgação/Comitê Olímpico Brasileiro
Leitura:

Pesquisadores da América do Norte advertiram que mudanças climáticas podem alterar a situação geográfica dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Inverno.

Uma equipe de pesquisadores do Canadá e dos Estados Unidos observou 21 cidades que sediaram ou sediarão a Olimpíada de Inverno entre os anos de 1924 e 2022 para calcular como elas vão ser impactadas pelo aquecimento global.

Os pesquisadores informaram que os cálculos foram baseados no cenário hipotético, que se passa no final deste século, em que a temperatura média global sobe quatro graus centígrados acima do período pré-industrial.

Eles disseram ter checado se a temperatura durante o dia cairia para menos de zero e se a neve com mais de 30 centímetros seria capaz de se sustentar.

Como resultado, seis cidades, incluindo Vancouver, no Canadá, e Sochi, na Rússia, se tornariam impróprias para sediar os Jogos de Inverno por volta de 2050. Somente 12 cidades foram consideradas como tendo clima propício.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias