Rio 2016

Lançamento de disco: Alessandro Rodrigo quebra recorde e fatura o ouro

Cego desde 2009 após contrair toxoplasmose, Alessandro Rodrigo ganhou o ouro em sua primeira participação em uma Paralimpíada

Estadão Conteúdo
Estadão Conteúdo
Publicado em 12/09/2016 às 20:31
Foto: Divulgação/CPB
Cego desde 2009 após contrair toxoplasmose, Alessandro Rodrigo ganhou o ouro em sua primeira participação em uma Paralimpíada - FOTO: Foto: Divulgação/CPB
Leitura:

O brasileiro Alessandro Rodrigo Silva, de 32 anos, conquistou medalha de ouro e bateu recorde paralímpico no lançamento de disco, na noite desta segunda-feira, no Engenhão, na Paralimpíada do Rio de Janeiro. Ele competiu na categoria F11 (para cegos).

Alessandro, que é natural de Santo André (SP), atingiu a marca de 43,06 metros. Foi a primeira participação do atleta em uma Paralimpíada. No ano passado, ele havia ficado em primeiro lugar na mesma modalidade, no Parapan de Toronto. E ficou na décima colocação no Mundial Paralímpico.

Com o apelido de "Gigante", Alessandro se tornou atleta paralímpico em 2013. Ele ficou cego em 2009, após contrair toxoplasmose, doença parasitária que causou-lhe a cegueira.

Alessandro conquistou a oitava medalha de ouro do Brasil nesta edição da Paralimpíada. Com o pódio, superou a Austrália no quadro de medalhas. O Brasil está na quinta colocação, na definição por número de medalhas de ouro. Esta é a meta estabelecida pelo Comitê Paralímpico Brasileiro.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias