Série D

A primeira decisão do Santa Cruz

Jogo contra o Coruripe é o primeiro de quatro que vão tirar o tricolor da última divisão nacional

Miguel Rios
Miguel Rios
Publicado em 24/09/2011 às 17:09
Clemilson Campos/JC Imagem
Jogo contra o Coruripe é o primeiro de quatro que vão tirar o tricolor da última divisão nacional - Clemilson Campos/JC Imagem
Leitura:

Esqueça a primeira fase pouco convincente na Série D do Brasileiro. A partir deste domingo (25/9) começa uma nova Quarta Divisão, eliminatória. E, com ela, a contagem regressiva para o maior objetivo do Santa Cruz na temporada. O tricolor está a quatro jogos de deixar o porão do futebol brasileiro, em sua terceira tentativa. A primeira decisão é às 16h, contra o Coruripe-AL, no Arruda, que deve receber um público próximo dos 50 mil torcedores. Prova da importância da partida.

Classificado em segundo lugar no Grupo A4, o Santa entra em campo com a missão de conquistar uma boa vitória para jogar com tranquilidade na partida de volta, marcada para o sábado (1º/10), às 20h, no estádio Gerson Amaral, em Coruripe, com capacidade para seis mil pessoas. Por “boa vitória” entenda-se um placar por boa margem e de preferência sem tomar gols.

Isso porque um dos critérios de desempate são os gols marcados na casa do adversário. Recordando, no ano passado, contra o Guarany-CE, o Santa fez 4x3 no Arruda, tomado por 50.879 tricolores, e acabou sendo eliminado na volta, em Juazeiro, ao ser derrotado por 2x0.

Mas como está escrito no início deste texto, a hora é de esquecer o passado. Ou quase. Durante a semana, o treinador Zé Teodoro procurou trabalhar, além da parte técnica do time, também o lado psicológico.

O comandante coral sabe que todas as atenções estão voltadas para o Santa, talvez o único clube da Série D com obrigação de subir. Por isso, Zé quer reviver no elenco o espírito do primeiros meses do ano, quando o Santa viveu o seu auge na temporada com a boa participação na Copa do Brasil, e o título do Campeonato Pernambucano. O momento pede isso.

“O grupo encarnou o momento de decisão. Tivemos uma semana bastante produtiva e voltamos a viver o espírito das semanas da Copa do Brasil e do Pernambucano. O grupo está mais confiante, alegre e sem medo de tentar o improviso, o drible. Um time mais solto, sem medo de arriscar”, afirmou Teodoro, que durante a semana realizou um treino fechado à imprensa.

No entanto, a escalação do Santa não tem mistério. Para a partida, o treinador coral irá promover as estreias do meia Washington e do atacante Fernando Gaúcho, ambos oriundos do Campinense. Além disso, o volante Chicão continua no time ocupando a vaga que era Jeovânio. Já Thiago Cunha retorna após cumprir suspensão.

Santa Cruz
Tiago Cardoso, Roma, André Oliveira, Leandro Souza e Dutra, Memo, Chicão, Weslley e Washington, Thiago Cunha e Fernando Gaúcho. Técnico: Zé Teodoro.

Coruripe
Santos; Alex Murici, Leandro, Mendonça e Paulinho, Jaélson, Anderson, Rhaul e Jônatas; Paulinho e Ivan (Théo). Técnico: Freitas Nascimento.

Local: Arruda. Horário: 16h. Árbitro: Rodrigo Braghetto (SP). Assistentes: Vicente Romano Neto e Fábio Rogério Baesteiro (ambos de SP). Ingressos: R$ 30 (arquibancada inferior) e R$ 15 (arquibancada superior, sócio e estudante).

Newsletters

Ver todas

Fique por dentro de tudo que acontece. Assine grátis as nossas Newsletters.

Últimas notícias