SÉRIE C

Santa Cruz goleia Águia por 6x1

Time tricolor deslanchou no segundo tempo e não tomou conhecimento do time de Marabá

Do NE10
Do NE10
Publicado em 25/08/2012 às 18:09
Foto: Ricardo B. Labastier/JC Imagem
FOTO: Foto: Ricardo B. Labastier/JC Imagem
Leitura:

Com um belo segundo tempo, o Santa Cruz não tomou conhecimento do Águia Marabá e goleou por 6x1, na tarde deste sábado (25) no Arruda, pela nona rodada do grupo A da Série C do Campeonato Brasileiro. Everton Sena, Fabrício Ceará, Dênis Marques (duas vezes), Leandro Oliveira e Leozinho marcaram para os corais, enquanto que Juliano anotou para os paraenses.

Com o resultado, o Santa Cruz não só mantém a invencibilidade dentro de casa como também se recupera das duas derrotas seguidas fora do Arruda. Além, há de se comemorar o retorno do bom futebol dos tricolores. A segunda etapa foi praticamente perfeita tanto na marcação como na criação.

O Santa agora está na terceira posição temporária da Terceirona com 13 pontos. O Salgueiro, única equipe que pode ultrapassar o Tricolor, joga neste domingo contra o Cuiabá fora de casa. O Águia cai para a sexta posição com 12. Na próxima rodada, o Mais Querido encara o Guarany de Sobral fora de casa, enquanto que a equipe paraense recebe o Fortaleza.

Foto: Ricardo B. Labastier/JC Imagem
Santa Cruz não tomou conhecimento do Águia de Marabá e venceu por 6x1 - Foto: Ricardo B. Labastier/JC Imagem
Foto: Ricardo B. Labastier/JC Imagem
Santa Cruz não tomou conhecimento do Águia de Marabá e venceu por 6x1 - Foto: Ricardo B. Labastier/JC Imagem
Foto: Ricardo B. Labastier/JC Imagem
Santa Cruz não tomou conhecimento do Águia de Marabá e venceu por 6x1 - Foto: Ricardo B. Labastier/JC Imagem
Foto: Ricardo B. Labastier/JC Imagem
Santa Cruz não tomou conhecimento do Águia de Marabá e venceu por 6x1 - Foto: Ricardo B. Labastier/JC Imagem
Foto: Ricardo B. Labastier/JC Imagem
Santa Cruz não tomou conhecimento do Águia de Marabá e venceu por 6x1 - Foto: Ricardo B. Labastier/JC Imagem
Foto: Ricardo B. Labastier/JC Imagem
Santa Cruz não tomou conhecimento do Águia de Marabá e venceu por 6x1 - Foto: Ricardo B. Labastier/JC Imagem
Foto: Ricardo B. Labastier/JC Imagem
Santa Cruz não tomou conhecimento do Águia de Marabá e venceu por 6x1 - Foto: Ricardo B. Labastier/JC Imagem
Foto: Ricardo B. Labastier/JC Imagem
Santa Cruz não tomou conhecimento do Águia de Marabá e venceu por 6x1 - Foto: Ricardo B. Labastier/JC Imagem
Foto: Ricardo B. Labastier/JC Imagem
Santa Cruz não tomou conhecimento do Águia de Marabá e venceu por 6x1 - Foto: Ricardo B. Labastier/JC Imagem
Foto: Ricardo B. Labastier/JC Imagem
Santa Cruz não tomou conhecimento do Águia de Marabá e venceu por 6x1 - Foto: Ricardo B. Labastier/JC Imagem
Foto: Ricardo B. Labastier/JC Imagem
Santa Cruz não tomou conhecimento do Águia de Marabá e venceu por 6x1 - Foto: Ricardo B. Labastier/JC Imagem
Foto: Ricardo B. Labastier/JC Imagem
Santa Cruz não tomou conhecimento do Águia de Marabá e venceu por 6x1 - Foto: Ricardo B. Labastier/JC Imagem
Foto: Ricardo B. Labastier/JC Imagem
Santa Cruz não tomou conhecimento do Águia de Marabá e venceu por 6x1 - Foto: Ricardo B. Labastier/JC Imagem

 

O JOGO - O primeiro tempo começou de maneira eletrizante. Com menos de dez minutos já havia dois gols no placar. Aos oito minutos, Everton Sena, uma das novidades na equipe do Santa, acertou uma bela cobrança de falta e mandou para o fundo das redes. A festa coral ainda corria nas arquibancadas quando Juliano empatou, também em cobrança de falta, um minuto depois.

Armado de maneira mais ofensiva com dois meias mais agudos, Leandro Oliveira e Leozinho, o Santa Cruz não se abalou com o empate sofrido de maneira rápida e foi para cima do adversário. O toque de bola pelo meio era a principal arma coral.

E através de uma jogada de toque de bola o Santa chegou ao desempate. Aos 17, Dênis Marques passou para Fabrício Ceará, que se livrou bem da marcação, girou e chutou forte para marcar um belo gol. A bola foi no ângulo.

Outra vez na frente, o Santa teve que ficar atento para não sofrer um novo empate. Na desvantagem, o Águia foi para cima do Tricolor e manteve maior posse de bola na primeira etapa. Aos 22, Flamel quase empatou. O meia acertou a trave.

A falha do Santa Cruz estava na marcação do meio de campo. Leozinho e Leandro Oliveira até se esforçavam para ajudar na defesa, mas pelas características menos defensivas, não conseguiam recompor bem o meio para os corais.

Apesar de ter menos posse de bola, o Santa também chegou com perigo. Aos 35, o zagueiro Vágner quase marcou após cobrança de falta na área.

No fim do primeiro, uma baixa no Mais Querido. Weslley sentiu o tornozelo direito e teve quer substituído por Chicão. O Águia ainda chegou com perigo, aos 37, com Daniel, mas Fred fez boa defesa e garantiu a vantagem para os donos da casa.

SEGUNDO TEMPO - A etapa complementar começou de maneira similar ao primeiro tempo, ou seja, com gol do Santa Cruz. Aos três minutos, Dênis Marques aproveitou cruzamento de Anderson Maizena e mandou para o fundo das redes. Foi o sexto gol do artilheiro coral na Série C do Campeonato Brasileiro.

Só que, ao contrário da etapa inicial, o Santa voltou melhor na marcação do meio de campo. Os jogadores corais pareciam mais atentos e marcavam bem a saída de bola do adversário. Vindo do banco, o volante Chicão dava mais segurança para a defesa. O momento era do Tricolor.

Melhor na partida, o Santa chegou logo ao quarto gol. Aos 19, após boa troca de passes no setor ofensivo coral, o meia Leandro Oliveira marcou para o Tricolor. Goleada e festa no Arruda.

O Águia nem de longe lembrava a equipe do primeiro tempo. Os paraenses estavam presos na marcação tricolor e pouco agrediam o goleiro Fred, que era quase um espectador do jogo.

O tiro de misericórdia coral viria aos 30. Um dos melhores em campo, o meia Leozinho aproveitou a falha do goleiro Marcelo Cruz, partiu com a bola, driblou o zagueiro adversário e mandou para o fundo das redes, 5x1 no Arruda e festa nas arquibancadas.

Com uma vantagem bastante folgada, o Santa Cruz poderia tirar o pé do acelerador, mas não fez. No fim do jogo, quase no apagar das luzes, Luciano Henrique foi derrubado na área, pênalti para o Santa. Na cobrança, Dênis Marques deu uma cavadinha e marcou mais um. Depois disso, restou apenas aguardar o fim da partida e comemorar o reencontro da vitória e as pazes com a torcida.

FICHA DO JOGO

Santa Cruz 6x1 Águia de Marabá

Santa Cruz: Fred; Maizena, Everton Sena, Vágner e Tiago Costa (Renatinho); Memo, Weslley (Chicão), Leozinho e Leandro Oliveira (Luciano Henrique); Dênis Marques e Fabrício Ceará. Técnico: Zé Teodoro.

Águia: Marcelo Cruz; Ivonaldo, Roberto, Carlão e Mocajuba; Daniel, Marquinhos, Juliano e Flamel (Diego Biro); Branco (Thiago Pereira) e Wando.

Local: Arruda. Árbitro: Jaílson Freitas (BA). Assistentes: José Rocha e Marcos Amorim (BA). Gols: Everton Sena (Santa Cruz) aos 8, Juliano (Águia) aos 9 e Fabrício Ceará (Santa Cruz) aos 17 minutos do primeiro tempo; Dênis Marques aos 3, Leandro Oliveira (Santa Cruz) aos 19, Leozinho (Santa Cruz) aos 30 e Dênis Marques (Santa Cruz) aos 41 minutos do segudo tempo. Amarelos: Marquinhos (Águia), Roberto (Águia), Thiago Pereira (Águia) e Ivonaldo (Águia). Vermelho: Diego Biro (Águia).

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias