Santa Cruz

Alemão ou Everton Sena contra o Vasco

Técnico Oliveira Canindé ganhou uma boa "dor cabeça" para definir a defesa tricolor para o jogo de sábado

Do JC Online
Do JC Online
Publicado em 15/10/2014 às 19:14
Edmar Melo/JC Imagem
Técnico Oliveira Canindé ganhou uma boa "dor cabeça" para definir a defesa tricolor para o jogo de sábado - FOTO: Edmar Melo/JC Imagem
Leitura:

A eficiente estreia do zagueiro Alemão provocou uma boa “dor de cabeça” para o técnico Oliveira Canindé para o jogo contra o Vasco, no sábado (18/10), na Arena Pernambuco, pela 30ª rodada da Série B do Brasileiro. Na vitória por 2x1 sobre o Bragantino, terça-feira passada, o estreante, além de muita segurança, marcou o segundo gol do tricolor. No entanto, o titular Everton Sena, que cumpriu suspensão, também tem a confiança do comandante coral. Afinal, no empate por 1x1 diante da Ponte Preta, sábado (11), em Campinas, ele foi o autor do gol tricolor.

Na reapresentação do grupo, na tarde desta quarta-feira (15), no Arruda, Oliveira Canindé não deu entrevista. O que só deve ocorrer na sexta-feira (17), depois do último treinamento. Nesta quinta-feira (16), porém, tudo indica que ele vai tirar a dúvida: se promove o retorno de Everton Sena ou se mantém Alemão, que fez elogios ao colega e considera normal se tiver se ficar no banco de reservas.

"Acho que Everton está fazendo um excelente campeonato. Eu estava aguardando minha chance. Entrei e consegui fazer um bom papel. Mas essa escolha será feita pelo treinador. Sempre tentamos fazer o trabalho bem feito e o Santa Cruz está bem servido", comentou Alemão.

Além de Everton Sena à disposição, Oliveira Canindé tem a volta do lateral-esquerdo Tiago Costa, que também cumpriu suspensão. Ele retorna no momento importante, principalmente porque Julinho, que o substituiu, sentiu a coxa esquerda e fará um exame de imagem.

Nas demais posições, o técnico conta com todos os jogadores que enfrentaram o Bragantino. Um deles, o meia Wescley, marcou um belo gol, o primeiro do tricolor diante dos paulistas. Foi o sétimo na Série B, que o deixou a dois de diferença em relação ao companheiro Leo Gamalho. Após o treino regenerativo na academia do clube, ele atendeu os repórteres e se mostrou bastante confiante para o jogo contra o Vasco, segundo colocado com 54 pontos, 12 à frente do tricolor, que ocupa a 10ª posição com 42.

"O jogo com o Vasco é uma decisão. Como serão os demais jogos. Por isso, não basta a gente fazer 100%, temos de fazer 200% para nos mantermos na luta pelo acesso à Série A”, ressaltou o meia.

O meia Nantan, ainda no processo de recuperação das dores musculares, não participou do treinamento com os demais companheiros. Mesmo não sendo titular, ele é uma opção importante para o técnico coral. Nesta quinta-feira, o jogador será novamente avaliado.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias