Precisando vencer, jogadores do Santa Cruz recebem visita de padre e pastor

Religiosos foram ao Arruda para passar uma palavra de incentivo aos atletas tricolores

Felipe Amorim
Felipe Amorim
Publicado em 12/02/2015 às 18:35
JC Imagem
Religiosos foram ao Arruda para passar uma palavra de incentivo aos atletas tricolores - FOTO: JC Imagem
Leitura:

Se para vencer vale tudo, o Santa Cruz resolveu investir na crença dos atletas. Na tarde desta quinta-feira (12), antes do início do treino, o grupo coral recebeu a visita de um padre e um pastor no vestiário do Arruda.

A visita, que acontece no início da temporada desde 2011, dessa vez atrasou duas rodadas, tempo no qual o time não vence. Os mais céticos podem achar que é pura coincidência, mas os tricolores resolveram não arriscar. Trouxeram o padre Roberto e o pastor Lairton para conversar com os atletas.

"Eles falaram para não deixarmos a nossa fé de lado, acreditar mais em nós mesmo dentro de campo", disse o meia João Paulo, que ainda não estreou com a camisa tricolor.

Segundo explicou Renatinho, essa prática é recorrente desde o início da gestão do ex-presidente Antônio Luiz Neto, em 2011. "Esse ano demorou um pouco para acontecer, mas é normal termos essa conversa. Todos os jogadores, cada um com a sua crença, observaram bem as palavras e ficaram bem mais motivados", disse o lateral.

Durante pouco mais de 30 minutos, tanto o padre quanto o pastor bateram muito na tecla do elenco acreditar mais no que pode oferecer em campo. Algo que vem faltando a esse grupo tricolor.

"Falta a gente acreditar um pouco mais no que podemos fazer nos jogos. Temos que colocar em prática o que estamos treinando. Quando a situação não é boa, é preciso se unir ao máximo. Afinal, se não tiver crença, as coisas não dão certo", completou João Paulo.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias