Santa Cruz

Thiaguinho pede mais paciência à torcida tricolor

Meia reconhece que a equipe está devendo, mas acredita numa evolução

Felipe Amorim
Felipe Amorim
Publicado em 12/02/2015 às 7:00
Edmar Melo/JC Imagem
Meia reconhece que a equipe está devendo, mas acredita numa evolução - FOTO: Edmar Melo/JC Imagem
Leitura:

Durante o jogo-treino de quarta-feira (11), contra o Guarany de Camaragibe, não era difícil escutar um grito ou outro de insatisfação dos torcedores presentes nas arquibancadas do Arruda. A cada passe errado, chute para fora ou outro erro de fundamento, as reclamações ganhavam coro. Só que para o meia Thiaguinho, autor de três dos quatro gols do Santa Cruz na movimentação, é preciso ter um pouco mais de paciência para o trabalho poder fluir.

Com 16 contratações e um time totalmente remodelado, o Santinha tem encontrado sérias dificuldades no Hexagonal do Título do Campeonato Pernambucano. Se diante do Sport a falta de atenção foi fundamental para perder por 3x0, a ausência de gana para vencer pesou no tropeço pelo mesmo placar diante do Serra Talhada, no domingo.

"Acho que o torcedor tem direito de cobrar sim, porque futebol mexe com a paixão e a gente entende isso. Não tiro a razão dessas cobranças, mas é preciso ter um pouco mais de paciência. A equipe está sendo montada agora e nada acontece da noite para o dia”, disse o meia Thiaguinho.

Sobre o jogo-treino, o atleta afirmou ser importante para dar mais conjunto à equipe que ainda não se conhece. “Eu nunca tinha jogado com João Paulo, por exemplo. Aos poucos, a gente vai conhecendo mais sobre o companheiro, como ele gosta de receber uma bola. Quando esse trabalho der liga, quando tivermos mais entrosamento, aí sim o futebol começará a aparecer”, explicou o meia.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias