Arruda

Nova lesão de Bruno Mineiro fará Santa Cruz ser mais criterioso nas futuras contratações

Pela primeira vez, presidente Alírio Moraes falou publicamente sobre o fraco desempenho de Bruno Mineiro

Felipe Amorim
Felipe Amorim
Publicado em 30/06/2015 às 15:54
Diego Nigro/JC Imagem
Pela primeira vez, presidente Alírio Moraes falou publicamente sobre o fraco desempenho de Bruno Mineiro - FOTO: Diego Nigro/JC Imagem
Leitura:

Embora tenha ficado entusiasmado com a contratação do atacante Grafite, o presidente do Santa Cruz, Alírio Moraes, pediu calma à torcida tricolor para a aquisição de novas peças. Para ele, o momento é de analisar bem antes de fechar o contrato. O receio do mandatário é que o clube volte a errar, assim como fez com Bruno Mineiro, lesionado pela terceira vez no ano e que passará mais 30 dias no Departamento Médico coral.

Em visita ao Sistema Jornal do Commercio de Comunicação, Alírio Moraes pela primeira vez reconheceu que o Santa Cruz não acertou na contratação de Bruno Mineiro. Inicialmente, o presidente respondia sobre como o clube agiria nas futuras contratações para não comprometer mais a folha salarial que gira em torno de R$ 500 mil. “Perdemos todo o espaço para erro. Não podemos errar e ficar com um peso financeiro. Se for pra contratar, tem que vir para vestir a camisa e ser titular”, afirmou.

Ao responder isso, o mandatário foi interpelado se a contratação de Bruno Mineiro, então, teria sido um erro. Eis a resposta de Alírio Moraes. “Sobre a perspectiva do resultado prático, acho que já sabemos a resposta para essa pergunta. A gente contrata um jogador pra ter a sua disponibilidade de jogar. Sendo um atacante, esperamos gols dele. Por isso que agora vamos ter mais cuidado na hora de trazer um atleta. Precisamos analisar ele do ponto de vista clínico, técnico e tático. Além disso, o atleta precisa estar dentro da filosofia do treinador. Se não for assim, não vale a pena trazer”, explicou Alírio Moraes.

Contratado como aposta para vestir a camisa 9, Bruno Mineiro tem apenas nove jogos na temporada, sendo cinco como titular e não conseguiu marcar nenhum gol. Ele afirmou recentemente que esse é seu maior jejum desde que se profissionalizou.

Últimas notícias