Nordestão

Eutrópio elogia conterrâneo Ney: 'Amigo que ganhei no futebol'

Técnicos de Santa Cruz e Sport se enfrentam neste sábado (29), pela semifinal da Copa do Nordeste

Diego Toscano
Diego Toscano
Publicado em 28/04/2017 às 16:48
JC Imagem
Técnicos de Santa Cruz e Sport se enfrentam neste sábado (29), pela semifinal da Copa do Nordeste - FOTO: JC Imagem
Leitura:

Rivais deste sábado (29), pelo jogo de ida da semifinal da Copa do Nordeste, Vinicíus Eutrópio e Ney Franco são conterrâneos. Mineiros, os técnicos de Santa Cruz e Sport, respectivamente, são amigos de longa data. Na Ilha do Retiro, serão rivais pela primeira vez em solo pernambucano. Comandante da Cobra Coral, Eutrópio rasgou elogios para o treinador rubro-negro.

"O Ney é um amigo que ganhei no futebol. Um cara que ele é digno da palavra comandante, no sentido positivo da palavra. Dá bons exemplos, é conhecedor da sua área e sobretudo respeita todos os outros profissionais. Como eu disse antes, chegou para acrescentar o que, na minha visão, era um bom trabalho do Daniel Paulista", explicou o treinador do Santa Cruz.

HISTÓRIA

Com 50 anos, Vinícius Eutrópio nasceu em Mutum (MG), a 380 km da capital Belo Horizonte. Foi jogador de futebol por 16 anos, atuando em clubes como Figueirense e Criciúma. Encerrou a carreira no Náutico, no final do último século. Como treinador, tem passagens vitoriosas pela Chapecoense, Fluminense, Ponte Preta e América-MG. Tem três Catarinenses no currículo: dois como jogador (1989 e 1996) e um como treinador (2014).

Ney Franco é quase um mês mais novo que Eutrópio e nasceu em Vargem Alegre, distante 256 km da capital mineira. Na beira do campo, começou em 2004, ainda como interino no Cruzeiro. Depois, rodou por equipes de grande expressão no futebol brasileiro, como Flamengo, Botafogo e Coritiba. Tem seis títulos na carreira, incluindo a Copa do Brasil de 2006, pelo Mengão, e a Sul-Americana de 2012, pelo São Paulo.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias