Polêmica

Constantino Júnior rebate acusações de fraude na eleição do Santa

Tininho foi eleito presidente coral para o triênio 2018/2019/2020

JC Online
JC Online
Publicado em 06/12/2017 às 14:25
Twitter/Reprodução
Tininho foi eleito presidente coral para o triênio 2018/2019/2020 - FOTO: Twitter/Reprodução
Leitura:

O presidente eleito do Santa Cruz, Constantino Júnior, rebateu as acusações de irregularidadeS no pleito coral realizado na última terça-feira (5). As queixas estão sendo feitas pelo candidato da oposição Albertino dos Anjos. Ele alega que muitos dos eleitores de Tininho nunca foram associadas ao clube coral e prometeu entrar na Justiça para impugnar a chapa Construindo com a Força da União. Em resposta, o novo mandatário do executivo tricolor afirmou que as denúncias de Albertino não passam de "fala de derrotado".

Na eleição realizada na última terça-feira (5), Constantino Júnior recebeu 812 votos, enquanto Albertino dos Anjos teve 250 e Fabio Melo, o outro candidato da oposição, recebeu 190.

"O pleito merece respeito. Pela primeira vez, o Santa Cruz teve três candidatos. Tem pessoas sérias, desembargadores, juízes, pessoas sérias tomando conta do processo eleitoral. Então, isso soa como uma fala de derrotado, de quem está perdendo e deveria ter a dignidade de reconhecer a derrota... Quem vai falar não sou eu, é a Justiça", declarou Tininho.

MÉRITO

Na opinião de Tininho, o torcedor resolveu apostar nele para a missão de reconstruir o futebol do clube pelo trabalho que ele vem desempenhando nos sete anos que está no Santa Cruz. "Tivemos muito pouco tempo para mostrar os nossos projetos, as nossas propostas. No dia a dia, o torcedor começou a entender que não era só uma pessoa de situação, mas uma pessoa nova, que merce essa oportunidade, pelo trabalho conquistado, que foi feito aqui com muito afinco, que começou há sete anos", analisou.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias