Arruda

Santa Cruz não consegue passar pelo Pesqueira e empata no Arruda

O Santa Cruz perdeu o volante Luiz Otávio, expulso, aos seis minutos do primeiro tempo

Davi Saboya
Davi Saboya
Publicado em 25/02/2018 às 18:59
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
O Santa Cruz perdeu o volante Luiz Otávio, expulso, aos seis minutos do primeiro tempo - FOTO: Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Leitura:

O Santa Cruz teve que jogar com um a menos a maior parte do jogo por conta da expulsão do volante Luiz Otávio. Visivelmente com mais qualidade que o Pesqueira, tentou na base da superação. Chegou a acertar o poste duas vezes, mas não conseguiu balançar a rede e ficou no 0x0, ontem, no Arruda, pela 9ª rodada do Estadual. Com o resultado, caiu para a sétima posição com oito pontos. O próximo jogo está marcado para quinta-feira contra o Flamengo, na cidade de Arcoverde.

O JOGO

O técnico Júnior Rocha teve que mudar toda a estratégia para o Santa Cruz na partida logo aos 7 minutos. Em um dividida no meio de campo, o volante Luiz Otávio acertou a perna de Miller e recebeu o cartão vermelho direto. Com isso, os tricolores tiveram que primeiro marcar para depois jogar. O treinador precisou deixar o esquema 4-2-3-1 e passou para o 4-4-1, explorando os erros do Pesqueira, que pouco ameaçava os donos da casa. Mesmo com um jogador a mais, os visitantes não conseguiram pressionar.

O único lance que o Pesqueira acertou foi em um contra-ataque no fim do primeiro tempo. Após a saída de bola errada de João Ananias pela direita, o time do Agreste aproveitou o vacilo e Miller bateu fraco, livre, na pequena área. Já o Santa Cruz chegou perto do gol adversário em uma cabeçada de Daniel Sobralense, depois do cruzamento de Héricles pela esquerda.

O Santa Cruz voltou do intervalo com mais vontade e volume. Com um jogador a menos, buscava explorar as jogadas em velocidade com os laterais João Ananias e Ávila e os atacantes Robinho e Fabinho Alves. Como também as jogadas de bola parada. Em duas oportunidades, acertou o poste: Jorginho, de cabeça, e Robinho cobrando falta. Já os visitantes continuavam mostrando baixo nível técnico e não assustavam a Cobra Coral, que tinha mais posse de bola. Os corais tentaram de todas as maneiras. Tiveram duas bolas na trave e o adversário tirando em cima da linha.

A segunda bola na trave veio após cobrança de falta de Robinho. Na sequência do lance, o árbitro Thiago Nascimento marcou pênalti em cima de Augusto Silva dentro da grande área. O zagueiro foi empurrado. Mas o auxiliar Gilberto Freire avisou o árbitro que a bola havia saído, fazendo com que o árbitro voltasse atrás, anulando o pênalti. Os jogadores do Santa Cruz reclamaram bastante, mas de nada adiantou.

O jogo ficou mesmo no 0x0. Resultado ruim para o Santa Cruz, que perdeu dois pontos em casa e bom para o Pesqueira, que continua entre os oito times com vaga nas quartas de final.

FICHA DO JOGO - SANTA CRUZ X PESQUEIRA

Santa Cruz - Ricardo Ernesto; João Ananias, Augusto Silva, Genílson e Ávila; Jorginho, Luiz Otávio e Daniel Sobralense (Leandro Salino); Augusto (Fabinho Alves), Héricles (Geovani) e Robinho. Técnico: Júnior Rocha.

Pesqueira - Pezão; Romário, Erivelton, Fábio Recife e Rogério; Válber (Dadinha), Grafite (Jean Carlos), Jonatha e Miller; Daniel Tavares (Weverton) e Nau Petrolina. Técnico: Lima.

Local: estádio do Arruda, Recife-PE. Árbitro: Tiago Nascimento dos Santos. Assistentes: Gilberto Freire de Farias e Charles Rosas Pires. Cartão vermelho: Luiz Otávio (Santa Cruz). Cartões amarelos: Daniel Sobralense, Ávila e Geovani (Santa Cruz). Miller, Valber, Romário, Erivelton, Rogério e Daniel Travassos. (Pesqueira). Público: 4.090 torcedores. Renda: R$ 21.980,00

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias