Arruda

Robert não vê problema de Santa Cruz jogar na Arena de Pernambuco

Santa Cruz enfrenta ABC, neste sábado, em São Lourenço da Mata, pela Série C

Davi Saboya
Davi Saboya
Publicado em 27/04/2018 às 7:08
Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Santa Cruz enfrenta ABC, neste sábado, em São Lourenço da Mata, pela Série C - FOTO: Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Leitura:

O atacante Robert enxerga de forma positiva a mudança do mando de campo do jogo contra o ABC, amanhã, para Arena de Pernambuco. A diretoria do Santa Cruz preferiu tirar o jogo do Arruda para preservar o campo, bastante desgastado por conta das fortes chuvas que têm atingido a Região Metropolitana do Recife e propiciar melhores condições ao time tricolor. No último jogo contra o Atlético-AC, foi quase impossível trocar passes no gramado.

“É um estádio de Copa do Mundo em plenas condições. Treinamos normalmente no nosso campo e queríamos continuar lá. Só que nas condições da partida anterior não tem condições de jogar um bom futebol. Nosso time valoriza a posse de bola e temos treinado muito bem. Certeza de que temos totais condições de fazer um grande partida”, declarou o centroavante.

Questionado sobre o fato do Santa Cruz realizar poucas atividades na Arena, Robert descartou qualquer possibilidade de interferência negativa. Ele valorizou o campo da cidade de São Lourenço da Mata e frisou que a mudança só acrescenta ao time. “Lá (no Arruda) temos a dificuldade do gramado. Quando chegamos aqui (Arena de Pernambuco) e encontramos esse tapete, só facilita o nosso trabalho”, contou o camisa nove.

Robert ainda lembrou que o Santa Cruz não pode se preocupar com o local do jogo, caso queira conquistar o acesso para Segunda Divisão. O atacante ressaltou que a equipe coral também irá atuar em gramados ruins na Série C do Campeonato Brasileiro. O detalhe negativo destacado pelo centroavante foi a distância da Arena para o Recife e a possibilidade de ter menos torcedores.

“Não tem que existir problema. Temos que atuar bem em qualquer lugar. Se queremos subir, vamos ter que jogar em campo bom e ruim. Na Arena não tem dificuldade, exceto pela distância que a torcida irá precisar percorrer para chegar no estádio, que fica mais afastado da capital”, disse o atacante.

O volante Luiz Otávio se mostrou confiante no apoio da torcida do Santa Cruz na Arena de Pernambuco, mesmo admitindo que o número de tricolores seria maior no Arruda. Esse foi o principal ponto levantado por ele, que preferia permanecer no José do Rego Maciel.

“Lógico que queremos jogar no Arruda. É a nossa casa. Tenho certeza que eles vão comparecer lá na Arena, mas sei que será em um número menor, por isso preferia não ter que atuar em outro lugar. Como será necessário mudar, tenho certeza que estaremos preparados do mesmo jeito”, pontuou o cabeça de área.

ARENA

Na temporada 2018, o Santa Cruz disputou apenas uma partida na Arena. Foi contra o Náutico na estreia da Série C quando o mando de campo era do rival alvirrubro. O time do técnico Paulo César Gusmão realizou somento dois treinos no local.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias