Trio de Ferro

Promessas engatilhadas de Náutico, Santa Cruz e Sport

Náutico teve mais êxito nesta temporada com a revelação de jogadores

Davi Saboya
Davi Saboya
Publicado em 21/10/2018 às 9:06
Foto: Léo Lemos/JC Imagem
Náutico teve mais êxito nesta temporada com a revelação de jogadores - FOTO: Foto: Léo Lemos/JC Imagem
Leitura:

Depois de viverem situações distintas em relação à revelação de jovens atletas da casa este ano, o trio de ferro de Pernambuco tem apostas das categorias de base engatilhadas. Só o Leão que ainda tem o futuro incerto devido ao período eleitoral - dentro de campo, o rubro-negro ainda luta para fugir do rebaixamento para a Série B, enquanto a temporada de Náutico e Santa acabou no dia 26 de agosto, com a permanência na Terceira Divisão.

No Timbu, depois de uma temporada proveitosa onde colheu frutos com a garotada, a expectativa é que mais nomes ganhem destaque no time vermelho e branco. Seguindo o mesmo caminho dos goleiros Jefferson e Bruno, o meia Luiz Henrique e o atacante Robinho. Os alvirrubros estão trabalhando para cerca de dez jogadores oriundos da base estarem à disposição do técnico Márcio Goiano.

Entre as apostas, o goleiro Sérgio, os zagueiros Otávio e Richard, os meia Ion e Lucas Paraíba, além do volante Willian Gaúcho e os atacantes Danrlei e Tharcysio. “O que estamos fazendo é integração da base com o profissional. Já existiu uma distância muito grande quando o atleta subia e ele tinha um período de adaptação muito longo e difícil. Saia de um nível baixo de competitividade para um alto. Hoje é natural. Tem profissionais que compõem as duas comissões”, comentou o vice-presidente executivo e de futebol Diógenes Braga.

Já o Santa Cruz, depois de um ano sem conseguir consolidar nenhum prata da casa entre os titulares, deve fazer mais apostar com o intuito de mesclar experiência e juventude, como também gerar possíveis frutos. Em uma pré-lista, de cerca de dez a quinze atletas, estão os nomes dos laterais-direitos Augusto e Warley; os zagueiros João Victor, Matheus Victor e Elivelton; os volantes Caetano, Jefinho e Wallisson Pequeno, e o atacante Silas.

“Temos dois atacantes, Elias e Paulo Victor, que apresentam o estilo do Santa Cruz”, afirmou o treinador do sub-20 e sub-23 Rômulo Pereira. “Acredito que o foco principal tem que ser a revelação de jogadores, ainda mais no sub-20”, completou.

LEÃO

Técnico do sub-23, Júnior Câmara garantiu que existem promessas para o time profissional do Sport, mas a incerteza sobre o comando do clube impede de citar possíveis nomes. “Posso dizer que existe qualidade e quem avaliou foi a própria seleção brasileira, chamando os jogadores daqui em todas as categorias”, disse o treinador rubro-negro.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias