Ilha do Retiro

Carlinhos Bala volta a falar, mas com cautela

Atacante, que estava há quase um mês sem dar entrevistas, respondeu as perguntas da imprensa

Miguel Rios
Miguel Rios
Publicado em 12/05/2011 às 20:34
Foto: Michele Souza/JC Imagem
FOTO: Foto: Michele Souza/JC Imagem
Leitura:

O atacante Carlinhos Bala quebrou o silêncio. Ele iria completar quatro semanas sem conceder entrevistas. Mas, nesta quinta-feira, ele entrou na sala de imprensa e respondeu as perguntas dos repórteres. Foi um Bala comedido, cauteloso, evitando criar polêmicas.

A expectativa foi se ele irá jogar a decisão de domingo, contra o Santa Cruz, e se estava totalmente recuperado da lesão na coxa direita, que o tirou do primeiro jogo. Bala desconversou: “Não vou falar sobre a minha lesão. Isso é com os médicos”.

“Vim para essa entrevista, mas preferia ficar sem falar”, confessou aos repórteres, mas em tom de brincadeira. “Estou com 31 anos e mais experiente. Não vou entrar em polêmica”, completou o atacante.

A respeito da grande vantagem do rival, Bala garantiu que o grupo está confiante, vai trabalhar para conseguir o título, mas reconhece as dificuldades. “Nosso grupo não está tenso, ansioso. Estamos tranquilos, trabalhando muito. Tudo vai se definir no campo. Não podemos mais errar. O erro significa a perda do título.”

Leia mais na edição desta sexta-feira (13/5) do JC.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias