Ilha

Sport tem confronto de "seis pontos" contra a Portuguesa

Leão visita a Lusa no Canindé precisando vencer para deixar a zona de rebaixamento

Do JC Online
Do JC Online
Publicado em 04/10/2012 às 8:15
Leitura:

Após quatro bons jogos, quando venceu Cruzeiro e Coritiba e empatou com Bahia e Internacional, o Sport voltou a mostrar os velhos problemas e foi derrotado por 3x0 pelo Corinthians, na rodada passada. Os erros cometidos contra o Timão não podem ser repetidos contra a Portuguesa, nesta quinta (4), às 21h, no Canindé, na abertura da 28ª rodada do Campeonato Brasileiro.Os rubro-negros sabem que trata-se de um confronto direto, por isso precisam escrever uma história diferente, com uma postura oposta à que foi apresentada ante os corintianos.

Seis pontos separam o Leão da Lusa na tabela de classificação. A Portuguesa tem 33 pontos, contra 27 do Sport, que ocupa a 17ª colocação. Pela segunda rodada seguida, o rubro-negro tem a possibilidade de deixar a zona de rebaixamento, a qual integra desde a 17ª rodada. Para isso, precisa ganhar da Portuguesa e torcer por uma derrota do Coritiba (16º, com 29 pontos) para a Ponte Preta. O jogo também será realizado hoje, no Couto Pereira.

“Acredito que a Portuguesa seja uma equipe mais parelha com o Sport do que o Corinthians, que está em um estágio mais avançado. Por isso temos condições de jogar de igual para igual e buscar um bom resultado. Mas não podemos ficar apenas no discurso, temos que ter atitude dentro do campo”, disse o atacante Felipe Azevedo. De fato, o Sport foi um time que limitou-se a tentar evitar os ataques do Corinthians e pouco ameaçou a meta do goleiro Cássio.

O técnico Waldemar Lemos elogiou o time da Portuguesa, mas está confiante em obter um bom resultado no Canindé. “É um jogo em que a gente tem que atuar bem e pontuar. É uma partida de muita importância e todos estamos concentrados e esperançosos em conquistar um bom resultado e, quem sabe, já deixar a parte debaixo da tabela”, enfatizou o treinador Waldemar Lemos.

Em relação ao time, a única alteração é o retorno do atacante Gilsinho, que cumpriu suspensão automática pelo terceiro cartão amarelo. Ele entra no lugar de Gilberto, o que muda a característica tática do ataque leonino. Com Gilsinho, o Sport ganha mais velocidade e um poder maior de recomposição na marcação.

Por outro lado, o time perde poder de finalização. Para se ter uma ideia, Gilsinho marcou apenas um gol neste Brasileirão, contra cinco de Gilberto e cinco de Felipe Azevedo. O restante da equipe é a mesma que perdeu para o Corinthians.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias