Chance

Artilheiro do Sport, Élber não quer polêmicas sobre titularidade

Na reserva, meia afirma que respeita as escolhas de Eduardo Baptista

Diego Toscano
Diego Toscano
Publicado em 24/02/2015 às 18:56
Bobby Fabisak/JC Imagem
Na reserva, meia afirma que respeita as escolhas de Eduardo Baptista - FOTO: Bobby Fabisak/JC Imagem
Leitura:

Mesmo dividindo a artilharia do Sport com o garoto Joelinton, o meia Élber ainda não conseguiu se firmar entre os titulares do Leão. Com três gols na temporada, o jogador entrou apenas no decorrer dos últimos dois jogos, contra Serra Talhada e Socorrense. Mesmo na reserva, o atleta não está insatisfeito, e deixa claro que respeita as opções do técnico Eduardo Baptista.

"Eu deixo esse questionamento (sobre ser reserva) para o treinador, que sabe o que é melhor para o Sport. Vou continuar treinando e me dedicando no dia-a-dia. Nas oportunidades que eu tiver, darei o meu melhor. Nos próximos jogos, se ele optar por me colocar, estarei pronto para dar conta do recado", afirmou.

A confiança no treinador, porém, tem limites. E esbarra na própria vontade do jogador de ser titular. "Temos um grupo muito qualificado, e quem entrar pode dar conta do recado. Sei que a concorrência no setor ofensivo é grande, principalmente porque o Sport é um clube grande, de tradição. Mas, nenhum jogador gosta de ficar na reserva. E eu não sou diferente", ressaltou o meia.

O jogador, que chegou ao Sport para jogar mais na armação, colhe bons frutos também na parte ofensiva. "Quando cheguei aqui, falei que não era um jogador que fazia muito gols, que preferia dar mais passes. Felizmente, neste começo de campeonato, já fiz três e dei assistência para mais dois. Espero continuar com o bom momento. A oportunidade vai surgir”, frisou Élber.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias