Série A

Magrão pede voto de confiança à torcida do Sport

"Estamos chateados com a situação, tristes, mas temos que perseverar para reverter a situação", disse o ídolo rubro-negro.

Haim Ferreira
Haim Ferreira
Publicado em 28/05/2016 às 17:24
Foto: JC Imagem
"Estamos chateados com a situação, tristes, mas temos que perseverar para reverter a situação", disse o ídolo rubro-negro. - Foto: JC Imagem
Leitura:

Se há um jogador no elenco do Sport que já viveu os altos e baixos do clube, sem dúvidas, este é o goleiro Magrão. Acostumado com a pressão que hoje ronda a Ilha do Retiro, por conta da má campanha na temporada, o ídolo rubro-negro reconheceu o momento delicado que o Leão vive, mas pediu o voto de confiança da torcida, a começar na partida deste domingo (29), contra o Corinthians, às 11h, dentro de casa, pela 4ª rodada do Brasileirão.

“Não podemos desistir. Temos que continuar trabalhando, se empenhando ainda mais, porque ainda não conseguimos a vitória. É levantar a cabeça”, afirmou.

Segundo o goleiro, todo o elenco leonino está bastante incomodado com o jejum de vitórias. São sete jogos consecutivos em branco (cinco derrotas e dois empates).

“Estamos chateados com a situação, tristes, mas temos que perseverar para reverter a situação. Só vamos conseguir isso através do trabalho. A gente está próximo de reverter isso e vamos continuar na luta”, complementou o camisa 1, que retornou à titularidade no Brasileirão deste ano.

Apesar do sentimento, Magrão disse que o momento não é para desespero. “Ainda não estamos com a corda no pescoço. Tem muito time com quatro pontos à nossa frente, mas sabemos que, o mais rápido possível, temos que vencer. Estamos trabalhando muito pra atingir isso. Depois que ela vier, as coisas vão emplacar”, justificou.

Com bastante experiência na Série A – essa é a sétima vez que ele disputa a competição pelo Sport –, Magrão reconheceu que é preciso conquistar a primeira vitória o quanto antes ou será difícil se recuperar mais na frente.

“Sabemos que há muita coisa pela frente, mas enquanto ficarmos adiando a vitória mais complicado vai ser para nós recuperarmos esse tempo perdido. No Campeonato Brasileiro, isso é muito difícil, apesar de ele ser longo. Sabemos que está na hora de vencer e vamos buscar essa vitória contra o Corinthians”, disse o arqueiro.

Newsletters

Ver todas

Fique por dentro de tudo que acontece. Assine grátis as nossas Newsletters.

Últimas notícias