Ilha do Retiro

Ruiz quer mostrar mais em campo para conquistar torcedor do Sport

Colombiano marcou um gol e deu duas assistência no Clássico das Multidões de domingo, quando o Leão venceu o Santa por 5x3

Alexandre Arditti
Alexandre Arditti
Publicado em 12/09/2016 às 19:36
JC Imagem
Colombiano marcou um gol e deu duas assistência no Clássico das Multidões de domingo, quando o Leão venceu o Santa por 5x3 - FOTO: JC Imagem
Leitura:

Um gol, duas assistências, quatro finalizações, dancinha na comemoração... Com uma atuação quase que irretocável no Clássico das Multidões de domingo, quando o Sport venceu o Santa Cruz por 5x3, na Ilha, pela 24ª rodada do Brasileirão, o colombiano Luiz Carlos Ruiz trouxe alento em dobro para a torcida rubro-negra, que andava numa justa bronca com os desempenhos dos atacantes e dos estrangeiros do clube nesta temporada. No entanto, o centroavante de 29 anos sabe que ainda vai precisar mostrar muito mais para conquistar de vez a confiança dos torcedores.

“Eu espero e quero mostrar muito mais. Espero fazer muito mais coisas em campo, boas atuações. Mas são eles (os torcedores) que dirão se eu posso ou não entrar no coração deles. A mim, assim como aos outros atletas, cabe trabalhar e fazer o nosso melhor nas quatro linhas”, afirmou Ruiz, que marcou contra o Santa Cruz seu primeiro gol com a camisa do Sport. O colombiano chegou à Ilha do Retiro no fim de julho, mas demorou a estrear por conta de um problema muscular. Até agora, foram apenas quatro partidas, sendo duas como titular.

“Estou muito bem agora (fisicamente). Cheguei aqui no Sport com um pouco de déficit de força, mas tenho trabalhado forte para recuperar isso. Estou 100% e quero e posso dar ainda muito mais ao time”, disse Ruiz, que garantiu estar totalmente adaptado ao Recife e ao Leão. “Estou bem na cidade, bem na equipe. Cada vez mais ganhando a confiança da comissão técnica e dos companheiros. Cada vez mais motivado para trabalhar. Estou muito contente aqui”, completou.

Com a boa atuação no clássico, Ruiz deve ser mantido no comando do ataque na partida contra o Atlético-MG, nesta quinta-feira, no estádio Independência, em Belo Horizonte, pela 25ª rodada do Brasileirão. Para o colombiano, a forma com que o Sport venceu o clássico encheu o elenco de motivação para realizar uma façanha fora de casa ante o Galo. “Foi uma vitória muito importante para mim e para toda a equipe. Uma vitória de força, de garra... Com certeza, uma vitória que motiva. Creio que podemos fazer um grande resultado contra o Atlético-MG”, disse.

Sobre o futuro, uma coisa só é certa para o camisa 18: não vai repetir a dancinha que fez ao comemorar o gol no clássico. “Foi uma dança que programamos para essa partida. Mas não é para todas”, disse. “É uma música da Colômbia (Salsa Choke), de uma banda da cidade do Lenis (outro atacante colombiano do Sport). Queríamos marcar um gol para fazer a comemoração dançando. Que bom que saiu e que vencemos”, disse.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias