Ilha do Retiro

Rodney: o gringo que deu certo no Sport

Costarriquenho vai defender a seleção de seu país em amistoso no próximo dia 9

Alexandre Arditti
Alexandre Arditti
Publicado em 25/09/2016 às 7:08
Willams Aguiar/Sport Club do Recife
Costarriquenho vai defender a seleção de seu país em amistoso no próximo dia 9 - FOTO: Willams Aguiar/Sport Club do Recife
Leitura:

O menos badalado dos cinco gringos contratados para esta temporada é também o que mais vingou com a camisa do Sport até agora. Depois de ser apresentado na Ilha como atacante, o costarriquenho Rodney Wallace encontrou lugar no time de Oswaldo de Oliveira atuando na lateral esquerda. Deixou para trás Renê e Mansur, dois especialistas da posição. O bom desempenho rendeu a Rodney o seu retorno à seleção da Costa Rica. Na quarta-feira passada, foi convocado pelo técnico Oscar Ramírez para um amistoso contra a Rússia, no dia 9 de outubro.

“É sempre um orgulho defender a seleção. É um amistoso, mas é muito importante, pois serve como preparação para a segunda parte das Eliminatórias da Concacaf, que reiniciam em novembro. Para mim, especialmente, é uma chance de mostrar o meu trabalho mais uma vez”, afirmou Rodney, que já defendeu a Costa Rica em 18 partidas (entre 2011 e 2015), tendo marcado três gols. No fim de agosto, também havia sido chamado, mas se machucou e foi cortado da lista. 

O detalhe é que desta vez o rubro-negro pode ser utilizado em sua seleção não como atacante ou lateral-esquerdo e sim como volante. “Não sei se serei utilizado como lateral-esquerdo, volante ou mais avançado. Independentemente, a competição por um lugar no time será muito grande em qualquer posição”, afirmou Rodney, que considera positivo o fato de poder atuar em mais de uma posição. “Sim, me ajuda. Porque eu conheço como os atacantes se portam e isso facilita na hora de eu defender, e sei como os marcadores pensam e me ajuda na hora de atacar. Tenho mais confiança de que posso ir bem”, completou.

Rodney Wallace tem 28 anos e chegou ao Sport em abril, contratado junto ao Arouca, da 1ª Divisão portuguesa. Como os prazos de inscrição já haviam se encerrado, não pôde disputar as retas finais do Pernambucano e da Copa do Nordeste. Até agora, foram 16 partidas pelo Sport (todas no Brasileirão), sendo 13 como titular. Já marcou três gols, sendo um deles na vitória de virada sobre o Santa Cruz, por 5x3, no último dia 11, na Ilha.

A vinda para o futebol brasileiro, inclusive, fazia parte dos planos de Rodney para retornar à seleção. “Era uma das minhas metas defender a seleção. Estar aqui (no Brasil) é uma oportunidade de mostrar meu trabalho em alto nível. Creio que aprendi muitas coisas nesses meses aqui no futebol brasileiro. Cresci muito como jogador. Espero mostrar isso na seleção”, completou.

Rodney será liberado pelo Sport no próximo dia 2 para que se apresente ao comandante costarriquenho. Por conta da convocação, o lateral-esquerdo vai desfalcar o Leão em uma partida do Brasileirão, em 5 de outubro, contra o São Paulo.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias