Sinceridade

Durval revela mágoa em ser substituído no Sport: "Fiquei p... da vida"

Defensor rubro-negro confessou sentimento após ser sacado da equipe titular e promete dar o máximo no confronto decisivo com o Figueirense

Felipe Holanda
Felipe Holanda
Publicado em 07/12/2016 às 20:47
Diego Nigro/JC Imagem
Defensor rubro-negro confessou sentimento após ser sacado da equipe titular e promete dar o máximo no confronto decisivo com o Figueirense - FOTO: Diego Nigro/JC Imagem
Leitura:

Sincero, curto e grosso. Abusando de sua sinceridade costumeira, o zagueiro Durval revelou que guarda mágoa da época em que foi sacado do time titular do Sport. Nesta quarta (7/12), depois de dois meses sem falar com a imprensa, ele voltou a ser sincero e confessou que o momento é difícil para o Leão. No entanto, se diz pronto para dar a volta por cima e ajudar o time neste momento decisivo. No próximo domingo, o rubro-negro tem uma verdadeira decisão contra o Figueirense, na Ilha do Retiro. 

Um dos grandes ídolos da torcida do Sport, Durval era titular absoluto, mas foi substituído pelo treinador Oswaldo de Oliveira na metade da Série A e não ficou satisfeito. “Vocês me conhecem e sabem que sou tranquilo, mas fiquei p... da vida. Mesmo assim, respeito quem estava no comando e quem estava jogando como titular naquele momento. Infelizmente, não optaram por mim e vida que segue. Continuei trabalhando e procurei meu espaço. Agora apareceu no último jogo e espero dar o meu melhor para ajudar o Sport a sair desta situação difícil na tabela”, comentou o defensor, que já atuou em 19 jogos pelo rubro-negro na Série A. 

ACOMODAÇÃO 

Para Durval, o grande motivo que fez o Leão passar por maus bocados nesta reta final de campeonato foi que o time se acomodou ao golear o Grêmio por 3x0, em Porto Alegre. Após a efetivação de Daniel Paulista como treinador, o Sport ganhou três das quatro primeiras partidas - Vitória, Ponte e Grêmio, perdendo só para o Palmeiras neste período. Porém, depois, perdeu para Cruzeiro e Atlético-PR e empatou com o América-MG. 

“Está acontecendo algo e eu estou vendo um pouco de fora. Da vitória contra o Grêmio para cá, o nosso time acomodou um pouco. Tinham quatro jogos para ganhar um e de lá para cá perdemos dois e empatamos um. E agora estamos nesse momento difícil para ganhar a última partida. Precisando da vitória para não depender de outros resultados. Isso (a acomodação) não pode acontecer no domingo”, adicionou Durval, que não atua como titular desde primeiro de outubro e retorna ao time leonino. 

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias