Futuro

Sport já pensa na estreia da Copa do Nordeste

Após bater o The Strongest na Taça Ariano Suassuna, Leão quer começar o ano com o pé direito no Nordestão

Felipe Holanda
Felipe Holanda
Publicado em 24/01/2017 às 7:22
Guga Matos/JC Imagem
Após bater o The Strongest na Taça Ariano Suassuna, Leão quer começar o ano com o pé direito no Nordestão - FOTO: Guga Matos/JC Imagem
Leitura:

A vitória em cima do The Strongest (1x1 no tempo normal e 4x2 nos pênaltis) e o tricampeonato da Taça Ariano Suassuna, no domingo, já são páginas viradas para o Sport. Amanhã, o Leão faz sua estreia na 15ª edição da Copa do Nordeste, frente ao Sampaio Correia, na Ilha do Retiro e busca, diante de seu torcedor, largar com pé direito na temporada. Os rubro-negros aparecem no Grupo C do Nordestão, ao lado de River-PI, Juazeirense-BA e do próprio Sampaio Correia-MA.

No primeiro dia de trabalhos na semana, os atletas leoninos fizeram um treino de toque de bola com movimentações voltadas à parte tática. Mesmo os jogadores que entraram em campo diante do The Strongest, anteontem, participaram normalmente dos trabalhos, já que o comandante rubro-negro utilizou duas equipes no confronto com os bolivianos. 

Para a partida de amanhã, o Sport já conhece bem a principal arma do time maranhense: a velocidade. “Sabemos que é um time rápido e de jogadores agudos. Que gosta de jogar no contra-ataque. Precisamos ter muito cuidado dentro de campo. Daniel (Paulista) vai nos passar um vídeo para ficarmos cientes e não dar oportunidade para que isso aconteça no jogo. Esperamos estrear com vitória e conseguir estes três pontos de suma importância para o nosso futuro em 2017, que tem tudo para ser um grande ano para o Sport”, declarou o volante Rithely, que recentemente renovou seu vínculo contratual com o Leão até 2022. 

 

ANDRÉ

A “novela” entre o Sport e o atacante André deve ter um final feliz para o torcedor rubro-negro. "Não negamos que é um atleta que nos interessa. Agora é uma negociação delicada. Foi um investimento alto do e se der certo será um dos maiores investimento do Sport. Mas existem uma série de complicações a serem resolvidas”, disse o Augusto Carreiras, diretor do Sport. 

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias