Atenção máxima

Sport quer fugir da zebra na Copa do Brasil contra Sete de Setembro-MS

Leão toma como exemplo as eliminações de conterrâneos na primeira fase

Felipe Holanda
Felipe Holanda
Publicado em 22/02/2017 às 6:03
Foto: André Nery/JC Imagem
FOTO: Foto: André Nery/JC Imagem
Leitura:

O Sport quer fugir da “zebra” na Copa do Brasil. De olho nas eliminações precoces de alguns conterrâneos (Náutico, Ceará e Fortaleza caíram fora de casa na estreia para times de menor expressão), o Leão vai com força máxima para o confronto com o Sete de Setembro-MS, nesta quarta (22/2), às 21h45, na Ilha do Retiro, pela segunda fase do torneio nacional. Para seguir vivo, o rubro-negro precisa da vitória nos 90 minutos. O empate leva à peleja aos pênaltis, diferentemente da rodada de estreia, quando a igualdade favorecia o visitante.

“O time está definido para a partida. Vamos com o que temos de melhor, aqueles que treinaram entre os titulares na semana, com a volta de Durval e Diego Souza, que não foram ao campo na segunda. Em relação ao novo regulamento da Copa do Brasil, eu acho perigoso. Precisamos ter atenção para sair com o resultado positivo. O foco tem que ser total lá dentro das quatro linhas, porque não teremos uma segunda chance, ou seja, o jogo de volta”, disse o treinador Daniel Paulista. 

 

Há oito partidas sem derrota na temporada (nove se levar em conta o empate com o The Strongest-BOL, 1x1, pela Taça Ariano Suassuna)  e depois de golear o CSA por 4x1, o Sport quer a manutenção da série invicta. Para isso, vai com o que tem de melhor no elenco para enfrentar o Sete. André, o grande reforço do Leão para a temporada, mais uma vez inicia no banco de reserva como opção para o decorrer do jogo, com Leandro Pereira no comando de ataque, assim como no clássico com o Santa.

Foto: André Nery/JC Imagem
Leão pressionou, mas não conseguiu vencer o River-PI, na Ilha, pelo Nordestão - Foto: André Nery/JC Imagem
Foto: André Nery/JC Imagem
Leão pressionou, mas não conseguiu vencer o River-PI, na Ilha, pelo Nordestão - Foto: André Nery/JC Imagem
Foto: André Nery/JC Imagem
Leão pressionou, mas não conseguiu vencer o River-PI, na Ilha, pelo Nordestão - Foto: André Nery/JC Imagem
Foto: André Nery/JC Imagem
Leão pressionou, mas não conseguiu vencer o River-PI, na Ilha, pelo Nordestão - Foto: André Nery/JC Imagem
Foto: André Nery/JC Imagem
Leão pressionou, mas não conseguiu vencer o River-PI, na Ilha, pelo Nordestão - Foto: André Nery/JC Imagem
Foto: André Nery/JC Imagem
Leão pressionou, mas não conseguiu vencer o River-PI, na Ilha, pelo Nordestão - Foto: André Nery/JC Imagem
Foto: André Nery/JC Imagem
Leão pressionou, mas não conseguiu vencer o River-PI, na Ilha, pelo Nordestão - Foto: André Nery/JC Imagem
Foto: André Nery/JC Imagem
Leão pressionou, mas não conseguiu vencer o River-PI, na Ilha, pelo Nordestão - Foto: André Nery/JC Imagem
Foto: André Nery/JC Imagem
Leão pressionou, mas não conseguiu vencer o River-PI, na Ilha, pelo Nordestão - Foto: André Nery/JC Imagem
Foto: André Nery/JC Imagem
Leão pressionou, mas não conseguiu vencer o River-PI, na Ilha, pelo Nordestão - Foto: André Nery/JC Imagem
Foto: André Nery/JC Imagem
Leão pressionou, mas não conseguiu vencer o River-PI, na Ilha, pelo Nordestão - Foto: André Nery/JC Imagem
Foto: André Nery/JC Imagem
Leão pressionou, mas não conseguiu vencer o River-PI, na Ilha, pelo Nordestão - Foto: André Nery/JC Imagem
Foto: André Nery/JC Imagem
Leão pressionou, mas não conseguiu vencer o River-PI, na Ilha, pelo Nordestão - Foto: André Nery/JC Imagem
Foto: André Nery/JC Imagem
Leão pressionou, mas não conseguiu vencer o River-PI, na Ilha, pelo Nordestão - Foto: André Nery/JC Imagem
Foto: André Nery/JC Imagem
Leão pressionou, mas não conseguiu vencer o River-PI, na Ilha, pelo Nordestão - Foto: André Nery/JC Imagem
Foto: André Nery/JC Imagem
Leão pressionou, mas não conseguiu vencer o River-PI, na Ilha, pelo Nordestão - Foto: André Nery/JC Imagem
Foto: André Nery/JC Imagem
Leão pressionou, mas não conseguiu vencer o River-PI, na Ilha, pelo Nordestão - Foto: André Nery/JC Imagem
Foto: André Nery/JC Imagem
Leão pressionou, mas não conseguiu vencer o River-PI, na Ilha, pelo Nordestão - Foto: André Nery/JC Imagem
Foto: André Nery/JC Imagem
Leão pressionou, mas não conseguiu vencer o River-PI, na Ilha, pelo Nordestão - Foto: André Nery/JC Imagem
Foto: André Nery/JC Imagem
Leão pressionou, mas não conseguiu vencer o River-PI, na Ilha, pelo Nordestão - Foto: André Nery/JC Imagem
Foto: André Nery/JC Imagem
Leão pressionou, mas não conseguiu vencer o River-PI, na Ilha, pelo Nordestão - Foto: André Nery/JC Imagem
Foto: André Nery/JC Imagem
Leão pressionou, mas não conseguiu vencer o River-PI, na Ilha, pelo Nordestão - Foto: André Nery/JC Imagem
Foto: André Nery/JC Imagem
Leão pressionou, mas não conseguiu vencer o River-PI, na Ilha, pelo Nordestão - Foto: André Nery/JC Imagem
Foto: André Nery/JC Imagem
Leão pressionou, mas não conseguiu vencer o River-PI, na Ilha, pelo Nordestão - Foto: André Nery/JC Imagem
Foto: André Nery/JC Imagem
Leão pressionou, mas não conseguiu vencer o River-PI, na Ilha, pelo Nordestão - Foto: André Nery/JC Imagem
Foto: André Nery/JC Imagem
Leão pressionou, mas não conseguiu vencer o River-PI, na Ilha, pelo Nordestão - Foto: André Nery/JC Imagem
Foto: André Nery/JC Imagem
Leão pressionou, mas não conseguiu vencer o River-PI, na Ilha, pelo Nordestão - Foto: André Nery/JC Imagem
Foto: André Nery/JC Imagem
Leão pressionou, mas não conseguiu vencer o River-PI, na Ilha, pelo Nordestão - Foto: André Nery/JC Imagem
Foto: André Nery/JC Imagem
- Foto: André Nery/JC Imagem
 

“André é um atacante de muito potencial e todos já sambem muito bem disto. Acredito que a briga lá no ataque é muito boa para o Sport, com Leandro (Pereira) e Paulo Henrique, além do André, brigando pela vaga. Por enquanto, estou apostando nos atletas que iniciaram a temporada a apresentaram maior regularidade quando foram acionados. O que não impede que o André entre no decorrer dos 90 minutos de bola rolando” adicionou Daniel Paulista. 

 

SETE DE SETEMBRO 

O adversário do Sport não faz uma boa temporada em 2017. Pelo contrário: só conseguiu uma vitória em seis partidas oficiais disputadas no ano. Justamente diante do River-PI, 1x0, pela Copa do Brasil. No Estadual, onde é o atual campeão, o Sete de Setembro, que tem uma folha salarial de aproximadamente R$ 100 mil, aparece na lanterna. 

Últimas notícias