Leão

Sport: Rithely alfineta e diz que já perdeu título por gol irregular

Volante do Sport se referiu à partida da ida da decisão do Estadual de 2016, contra o Santa Cruz

Luana Ponsoni
Luana Ponsoni
Publicado em 30/06/2017 às 17:10
JC Imagem
Volante do Sport se referiu à partida da ida da decisão do Estadual de 2016, contra o Santa Cruz - FOTO: JC Imagem
Leitura:

Diante da polêmica na anulação do gol do Salgueiro na final do Campeonato Pernambucano, vencida pelo Sport por 1x0, o volante Rithely preferiu não se posicionar sobre a decisão do árbitro Wilton Pereira Sampaio, com auxílio do árbitro de vídeo. Mas não perdeu a chance de alfinetar. O jogador relembrou que já perdeu um título estadual para o Santa Cruz no ano passado porque o juiz validou um gol de Lelê, que estava impedido.

O gol marcado pelo atacante tricolor deu a vitória por 1x0 para o Santa Cruz no jogo da ida da final do Campeonato Pernambucano de 2016, no Arruda. Na volta, as equipes empataram por 0x0, na Ilha do Retiro, e a taça acabou ficando com a equipe coral.

"Não dá para falar no que já passou, o juiz não deu (o gol para o Salgueiro). No ano passado, a gente perdeu o título (do Pernambucano) porque o cara (Lelê) estava impedido, (o juiz) não deu também. Então, não vou ficar entrando em polêmica, se o gol foi válido ou não porque já perdi títulos aqui que aconteceu de estar impedido e o cara não deu. O que passou, passou. Eu já fui campeão. Não vai adiantar nada a gente falar que estava, que não estava. Se valeu ou não. Já ficou para trás", desconversou Rithely.

ENTENDA O LANCE

Após batida de escanteio do Salgueiro, o árbitro de vídeo, Péricles Bassols, e o de campo, Wilton Pereira Sampaio, entenderam que a bola fez uma curva antes de chegar à área. O ângulo das câmeras consultadas, porém, deixou dúvida se o lance que resultou no gol do Salgueiro foi anulado corretamente. Tudo isso aconteceu aos 25 minutos do segundo tempo e o Sport ainda não tinha balançado as redes com Everton Felipe.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias