Defesa e ataque

Sport em busca de equilíbrio entre setores para reagir na Série A

Leão quer defesa e ataque em alta na reta final da competição nacional

Diego Toscano
Diego Toscano
Publicado em 03/11/2017 às 17:21
Williams Aguiar/Sport
Leão quer defesa e ataque em alta na reta final da competição nacional - FOTO: Williams Aguiar/Sport
Leitura:

Após quebrar amarga sequência de 15 partidas seguidas sendo vazado no empate em 0x0 contra o Junior Barranquilla (COL), pelas quartas de final da Sul-Americana, o Sport agora busca um equilíbrio entre ataque e defesa para tentar reagir na Série A. Se a zaga foi mais segura no jogo que eliminou o Leão da Sula, na última quinta (2), o ataque foi praticamente nulo e não conseguiu reverter a vantagem dos colombianos.

“Nesta reta final do campeonato o elenco tem que estar consciente de que as táticas defensiva e ofensiva são um conjunto. O time precisa jogar com união. Conseguimos manter a equipe mais compacta (contra o Junior Barranquilla), mas não fizemos gols. Temos que conseguir esse equilíbrio novamente para que o time consiga ser efetivo também no ataque. Precisamos mais disso", afirmou o zagueiro Henríquez, em entrevista ao site oficial do clube.

POSTURA

O jogo da volta contra o Junior Barranquilla, mesmo com a eliminação, serve de motivação para buscar a recuperação na Série A. Hoje, o Sport ocupa a 15ª posição na competição, com a mesma pontuação da Ponte, que abre a zona de rebaixamento. "Independentemente de ter ficado fora da Sul-Americana, mostramos atitude. Temos que encarar a reta final do Campeonato Brasileiro com essa postura. Vamos com esse pensamento para Chapecó, para trazer os três pontos", finalizou o defensor.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias