Leão

Daniel Paulista rejeita rótulo de salvador do Sport

Auxiliar técnico salvou o Leão duas vezes consecutivas do rebaixamento à Série B

Luana Ponsoni
Luana Ponsoni
Publicado em 04/12/2017 às 13:51
Luisi Marques/JC Imagem
Auxiliar técnico salvou o Leão duas vezes consecutivas do rebaixamento à Série B - FOTO: Luisi Marques/JC Imagem
Leitura:

Protagonista na luta do Sport para permanecer na Primeira Divisão em 2018, o auxiliar técnico Daniel Paulista não se reconhece no papel de salvador do Leão. No último domingo (3), quando ainda dirigia o time interinamente, ele voltou a livrar a equipe do rebaixamento à Série B. A vitória rubro-negra por 1x0 diante do Corinthians e as derrotas de Vitória e Coritiba para Flamengo e Chapecoense, nessa ordem, garantiram o Leão na 15ª colocação, com 45 pontos, na última rodada da competição.

Daniel, portanto,  repetiu a dose de 2015, quando garantiu a permanência do clube da Praça da Bandeira na elite também na partida final do Brasileirão.

"Eu não sou o salvador, eu sou um cara que faço o meu trabalho, que procuro, a cada dia, estar melhorando, buscando novas informações, novos conhecimentos, renovando ideias. E eu não faço nada sozinho. Aqui existem vários fatores que têm que conspirar junto, que têm que andar para um mesmo lado para que os objetivos possam acontecer", declarou.

ENTREGA DE CARGO

Logo após o Sport sacramentar a permanência na Série A de 2018, Daniel entregou o cargo à diretoria do Sport. De acordo com o auxiliar, ele apenas seguiu o que tinha ficado combinado com os dirigentes desde que assumiu o posto interinamente. Apesar de não permanecer no comando técnico do Leão, Daniel Paulista sai com a sensação de dever cumprido e feliz por ter atingido mais um objetivo a serviço do Leão.

"Não tive tempo ainda de estar olhando a repercussão (pela permanência), mas as pessoas me falam que está sendo muito positiva. Eu fico muito feliz com tudo que vem acontecendo. E agora espero que as coisas possam acontecer de uma maneira melhor (no Sport) para que 2018 seja melhor que este ano", concluiu.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias