MUDANÇAS

Elenco do Sport deve passar por grande reformulação para 2018

Doze jogadores têm contratos se encerrando neste mês e, alguns com vínculos longos, devem ser negociados

Filipe Farias
Filipe Farias
Publicado em 05/12/2017 às 9:42
Foto: Williams Aguiar/ Sport
Doze jogadores têm contratos se encerrando neste mês e, alguns com vínculos longos, devem ser negociados - FOTO: Foto: Williams Aguiar/ Sport
Leitura:

A permanência do Sport na Série A não significa, necessariamente, que a base do elenco rubro-negro será mantida para a temporada 2018. Muito pelo contrário. Alguns jogadores que já acumulam um longo tempo de casa devem respirar novos ares no próximo ano. Um deles é Rithely. No clube rubro-negro desde 2011, o volante de 26 anos terminou o Brasileirão em baixa, mas, mesmo assim, segue com prestígio no mercado.

De acordo com informações apuradas pela reportagem do JC, o Atlético-MG teria interesse na contratação do camisa 21 e já chegou a apresentar uma proposta oficial à diretoria do Sport no valor de 1,5 milhão de euros (cerca de R$ 5,5 milhões) por 50% dos direitos econômicos de Rithely - o restante permaneceria com o Leão. Porém, os dirigentes rubro-negros teriam feito uma contra-proposta de dois milhões de euros (aproximadamente R$ 7,5 milhões). Lembrando que o volante tem contrato com o Sport até 2022.

Quem também tem futuro incerto na Ilha do Retiro é o meia-atacante Diego Souza. Com vínculo com o clube até dezembro de 2018, o camisa 87 ainda não sabe se vai cumpri-lo. “Se tiver proposta pra mim, vou conversar. Tenho mais um ano de contrato e o futuro a Deus pertence. Já tenho três anos de casa, sempre falo que sou feliz aqui. Esse ano foi um pouco conturbado, mas não quero pensar nisso agora. Depois das minhas férias, quem sabe, pensamos no futuro”, desconversou.

Do atual elenco do Sport, doze terão seus contratos encerrados no final do mês: os zagueiros Durval, Néris e Igor Ribeiro; os volantes Anselmo, Patrick, Rodrigo e Wesley; os laterais Raul Prata e Mena; o meia Bruno Xavier; além dos atacantes Oswaldo e Marquinhos. Contudo, somente alguns devem receber propostas de renovação. O veterano Durval e os cabeças de área Patrick e Anselmo.

RETORNOS

Alguns jogadores que foram emprestados para outros clubes ao longo da temporada devem retornar ao Sport no início da pré-temporada, caso do zagueiro Matheus Ferraz (tem contrato até dezembro de 2018) e dos volantes Neto Moura (2019) e Fabrício (2020). Já o meia Régis, que há duas temporadas defende o Bahia, ainda não sabe por qual clube atuará em 2018. Como o vínculo do atleta com o Leão se encerra no próximo ano, para ficar com o meio-campista, o Tricolor de Aço terá de fazer valer a cláusula de compra dos direitos econômicos. Caso contrário, ele retorna ao rubro-negro.

Procurado pela reportagem do JC, o meia Régis, através de sua assessoria de comunicação, informou que não tinha nenhuma novidade sobre o seu futuro. Que apesar de ter contrato com o Sport, ainda não sabia se voltaria para o clube.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias