AVALIAÇÃO

'Não foi um ano desastroso', afirma presidente do Sport

Presidente Arnaldo Barros fez uma coletiva para apresentar o balanço da sua gestão à frente do Sport

Matheus Cunha
Matheus Cunha
Publicado em 13/12/2017 às 6:37
Guga Matos/JC Imagem
Presidente Arnaldo Barros fez uma coletiva para apresentar o balanço da sua gestão à frente do Sport - Guga Matos/JC Imagem
Leitura:

Em coletiva, o presidente do Sport, Arnaldo Barros, falou sobre a contratação de Nelsinho Baptista, afirmou que vai acumular a vice-presidência de futebol, assegurou a manutenção de Alexandre Faria, explicou sobre a polêmica dos atrasos salariais e afirmou que, a princípio, não pensa em enxugar a folha do elenco para a temporada 2018.

NELSINHO

Queríamos um profissional que chegasse pra resolver. Fomos buscar um treinador, assim como os outros (Oswaldo de Oliveira, Ney Franco e Vanderlei Luxemburgo), que tenha bagagem e tenha o que mostrar. Não é questão de idade, mas de experiência. Acreditamos no trabalho de Nelsinho e ele se encaixa nesse perfil de ter bagagem, ser equilibrado e que conhece o Sport. Daniel (Paulista) é competente, nos livrou do rebaixamento, vem estudando bastante, está no curso da CBF se capacitando, mas ainda precisa de um pouco mais de experiência. Acredito que mais cedo ou mais tarde ele vai comandar o Sport.

VP FUTEBOL

Vai continuar como está. Vou acumular a vice-presidência de futebol até quando achar que suporto e não for desgastante. Enquanto eu puder vou acumular. Gustavo (Dubeux) segue como vice do executivo opinando e participando de reuniões, mas não terá mais obrigações de estar nos treinos ou acompanhando a delegação nas viagens. Tudo no departamento de futebol do Sport é discutido e debatido num colegiado. A saída de Dubeux nos desfalca, mas temos de entender e, no momento, segue desse jeito.

EXECUTIVO

Em momento algum Alexandre (Faria) teve o cargo questionado pelo colegiado. Ele chegou sob suspeitas, mas rapidamente construiu o elenco. Óbvio que em determinado momento tivemos um declínio, sendo que não vamos crucificá-lo. Os erros foram cometidos por todos, do presidente ao funcionário mais simples do clube. Sendo que não posso concordar que foi um ano desastroso. Foi como queríamos? Não. Estamos satisfeitos? Não. Estamos chateados? Sim. Sabemos quais foram os erros e vamos corrigí-los. Alexandre continua conosco.

CONTRATAÇÕES

Nós não divulgamos nenhum nome antes de ter o contrato assinado. Já tivemos alguns exemplos em que todos falavam que o jogador estava contratado e ele não estava. No final, ele acabou indo embora. Por isso trabalhamos em silêncio. O mercado está muito concorrido. Clubes com orçamento maior que o do Sport estão buscando atletas na Segundona, na Série C, pois todos têm aplicativos de monitoramento de atletas. Quando a informação vaza, o clube com mais recurso oferece mais e leva.

FOLHA

Nossa intenção é fazer o melhor para o clube. Dizer que tenho intenção de reduzir a folha salarial seria preciptado. Antes, eu vou pensar em buscar mais receitas. Estou reforçando o departamento de marketing e reestruturamos a nossa área comercial para buscar mais recursos. Se não conseguir viabilizar essas novas receitas terei de reduzir. Mas não quer dizer que seja somente no futebol, mas também no futebol.

ATRASO

O atraso de salário não é de dois meses e sim de dois dias úteis do mês de novembro. Era pra pagarmos na quinta-feira passada e não pagamos. Sexta foi feriado. Sábado e domingo não são dias úteis. Então, o atraso foi só de ontem (segunda) e hoje (terça). Quando vamos pagar? Queremos o quanto antes. Tivemos um ano difícil e os nossos parceiros também encontraram dificuldades. Temos de entender o lado deles também. Mas tenho de lembrar que também perdemos receitas importantes por conta da performance do futebol. Nos últimos jogos do ano, por exemplo, dependíamos da renda. Mas tivemos de abrir os portões.

Newsletters

Ver todas

Fique por dentro de tudo que acontece. Assine grátis as nossas Newsletters.

Últimas notícias