Melhorias

Nelsinho aponta saída de bola como ponto a ser melhorado no Sport

Treinador pediu mais objetividade na hora do passe para que os jogadores do Sport tenham uma saída de bola mais rápida

Heitor Nery
Heitor Nery
Publicado em 29/01/2018 às 22:54
Guga Matos/JC Imagem
Treinador pediu mais objetividade na hora do passe para que os jogadores do Sport tenham uma saída de bola mais rápida - FOTO: Guga Matos/JC Imagem
Leitura:

A vitória por 2x0 sobre o Pesqueira ainda não significou uma satisfação do torcedor do Sport sobre o desempenho do time. E o treinador Nelsinho Baptista já apontou algumas características que a equipe rubro-negra possa melhorar para conseguir seus objetivos na temporada. Na entrevista coletiva após a partida, o comandante rubro-negro apontou principalmente a saída de bola como um ponto a ser evoluído por seus jogadores.

"Precisamos ser mais objetivos, principalmente quando a bola tiver com os zagueiros. Nós estabelecemos uma triangulação para fazer com que a bola chegue rápido na frente, mas durante boa parte do jogo esse passe acabou saindo de um lado para o outro, com poucos passes verticais. E assim não fazemos o passe na hora que o atacante e o meia se apresentam para jogar", afirmou o treinador.

Recuo da equipe também incomodou Nelsinho

Outro ponto negativo na partida apontado por Nelsinho foi o recuo de sua equipe logo após marcar o primeiro gol na partida. Algo que atrapalhou a atuação dos atletas.

"Acho que no primeiro tempo, principalmente depois que fizemos o gol, a equipe recuou e sem motivo nenhum. Nós recuamos e tentamos pegar a saída de bola apenas com o André e Marlone e a gente não conseguia. Era um time que jogava por uma bola, uma bola longa pro atacante mais alto deles, para tentar fazer a segunda bola. E ficamos jogando essa bola de lado, não jogando passes verticais. E isso nos atrapalhou bastante," comentou.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias