Leão

Sport: Arnaldo Barros oficializa saída de toda a diretoria de futebol

Já o executivo de futebol, Alexandre Farias, acabou afastado do cargo

JC Online
JC Online
Publicado em 16/02/2018 às 16:35
Sport/Divulgação
Já o executivo de futebol, Alexandre Farias, acabou afastado do cargo - FOTO: Sport/Divulgação
Leitura:

Depois da vexatória eliminação do Sport da Copa do Brasil pelo Ferroviário-CE, o presidente rubro-negro Arnaldo Barros anunciou, na tarde desta sexta-feira (16), a primeira medida para tentar sanar a crise na Ilha do Retiro. Ele confirmou a saída de toda a diretoria de futebol, formada pelo seu filho Rodrigo Barros, Aluísio Maluf e Augusto Carreras, assim como do executivo de futebol Alexandre Faria, que está afastado. O mandatário, porém, não adiantou quem serão os novos diretores do Leão, nem se o clube vai manter Faria.

"Serão pessoas que venham dar uma nova diretriz ao futebol do Sport. Quero agradecer penhoradamente o sacrifício pessoal e o zelo que essas pessoas tiveram comigo desde o primeiro momento. Muitos já tinham manifestado o desejo de sair quando Gustavo Dubeux saiu (da vice-presidência), mas conversamos que o momento era muito importante, porque nós estávamos com vários contratos em andamento e negociações importantes encaminhadas. Eles, em uma demonstração de lealdade, se propuseram a fazer esse sacrifício. Então, foi de comum acordo que cedemos lugar para que outros venham colaborar com o Sport", declarou o mandatário rubro-negro.  

 O presidente do Leão também renunciou à função de vice-presidente, cargo que passou a acumular desde que Gustavo Dubeux deixou a função. Arnaldo Barros preferiu não determinar uma data para o anuncio dos novos dirigentes que passarão a fazer parte do Sport, mas se comprometeu a divulgar os nomes o quanto antes.

"Vamos definir  nova diretoria o mais rápido possível. Ainda faltam algumas tratativas para que nós possamos dar conhecimento ao público. Imagino que a intenção é também saber quanto ao substituto de Alexandre Farias. Quem passa a responder interinamento será o coronel Adelson Wanderley, mas temos temos algumas coisas encaminhadas. Vamos aguardar a definição do vice-presidente para que ele possa livremente constituir a diretoria de futebol", ponderou.

Últimas notícias